13 agosto 2022 7:28
13 agosto 2022 7:28

Homem que fez ameaças a Lula e ministros do STF em vídeo é preso

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um homem acusado de ameaçar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) foi preso nesta sexta-feira (22), em Belo Horizonte.

Ivan Rejane Fonte Boa Pinto chegou a resistir à prisão, mas foi preso pelos policiais. Seu mandado de prisão foi emitido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na última quarta-feira (20), a pedido da Polícia Federal. Agentes também cumpriram um mandado de busca e apreensão.

Também foi pedido às plataformas Twitter, YouTube, Facebook e Telegram o bloqueio das contas de Ivan.

O homem é investigado por compartilhar um vídeo nas redes sociais, em que ameaça Lula, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e Marcelo Freixo (PSB). “Anda de segurança armada na rua que nós, da direita, vamos começar a caçar você [Lula]. Caçar você, caçar Gleisi Hoffmann, esse Freixo, frouxo do caralho. Todos eles que te cercam, vagabundo”, diz na gravação.

Sumam do Brasil. Nós vamos pendurar vocês de cabeça para baixo”, declarou o homem, enquanto fazia ameaças também a ministros do STF. Ele então convoca outras pessoas de direita: “vamos expulsar do Brasil esses juízes corruptos e essa esquerda nefasta”.

Em sua decisão, Moraes disse que o caso pode se enquadrar como organização criminosa. “Esses elementos demonstram uma possível organização criminosa que tem por um de seus fins desestabilizar as instituições republicanas, principalmente aquelas que possam contrapor-se de forma constitucionalmente prevista a atos ilegais ou inconstitucionais, como o Supremo Tribunal Federal, utilizando-se de uma rede virtual de apoiadores que atuam, de forma sistemática, para criar ou compartilhar mensagens que tenham por mote final a derrubada da estrutura democrática e o Estado de Direito no Brasil.

Fonte: Yahoo!

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS