18 agosto 2022 9:26
18 agosto 2022 9:26

Homem é morto a tiros na frente da mulher após ser chamado no portão de casa no interior do Acre

Crime aconteceu em Brasileia e é o terceiro homicídio registrado no Alto Acre. Homem chegou a entrar em casa já baleado.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Mais um homicídio foi registrado na região do Alto Acre ainda na noite de domingo (10). De acordo com a polícia, Lucas Barreto do Nascimento, de 25 anos, estava em casa com a esposa no bairro José Peixoto, em Brasileia, no interior do Acre, quando dois homens chegaram o chamando para usar entorpecentes, mas quando ele saiu da casa, foi alvejado por vários disparos.

Segundo a polícia, a esposa contou que dois homens chegaram na casa e chamaram a vítima com um assobio, que, segundo a testemunha, era o sinal para usar entorpecentes. Após algum tempo, a mulher escutou dois disparos e viu Lucas entrando de volta na casa já ferido.

Um dos suspeitos chegou ainda a atirar mais vezes e a vítima caiu no chão de casa. Ele foi atingido com 4 a 5 disparos nos braços e região peitoral, de acordo com a PM. A guarnição fez ainda uma ronda para tentar encontrar os suspeitos, mas ninguém foi preso até a manhã desta terça-feira (12).

Outro casos

 

As mortes naquela região começaram na sexta-feira (8). O preso monitorado Jociel do Nascimento Soares, de 19 anos, foi morto a tiros na tarde de sexta em Epitaciolândia. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava em casa, no bairro Liberdade, acompanhado da mulher, uma adolescente de 17 anos, e da filha de 3 anos, quando um homem invadiu o local e atirou contra ele e também contra a mulher. Soares morreu com dois tiros, que atingiram o braço direito e o tórax.

Já no domingo (10), Marcos Antônio dos Santos Sena, de 22 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça na cidade de Assis Brasil, no interior do Acre. Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu na frente da mulher dele. A informação é que o rapaz caminhava com a esposa e um amigo pela Rua Raimundo Chaar, em frente ao estacionamento de uma antiga igreja, por volta das 3h30 de domingo, quando foi abordado por um homem encapuzado.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS