11 agosto 2022 2:41
11 agosto 2022 2:41

FOI POR POUCO: Na BR-364, jovem foge de cativeiro, é perseguido, e quase executado por criminosos

A vítima mesmo sendo gravemente ferida, conseguiu sobreviver ao ataque

Por Angélica Florêncio/Ecos da Notícia

- Publicidade -

O jovem Bruno Souza da Silva, natural de Rondônia, 28 anos, quase foi executado na tarde deste domingo, 24, em um ramal localizado no município de Sena Madeireira, interior do Acre. O jovem fugiu do local e foi perseguido pelos bandidos.

Segundo o informações, o rapaz foi sequestrado possivelmente por membros de uma facção criminosa, e ficou em cárcere privado durantes dois dias em uma mata, no km 72, da BR-364. Após ser condenado pelo Tribunal do crime, sua sentença de morte foi decretada.

Após tentar fugir do cativeiro, os criminosos efetuaram vários disparos de arma de fogo, sendo que 4 pegaram no corpo do rapaz, atingindo nuca, pescoço, tórax e braço.

Depois da ação, os criminosos fugiram do local, deixando o rapaz no chão, agonizando. Dois moradores que passaram no local, avistaram o jovem caído e prestaram os primeiros socorros, levando Souza até a BR para pedir ajuda. No momento, em que uma ambulância do município de Sena Madureira passava no local transportando outro paciente, pessoas acenaram pedindo ajuda, a ambulância parou e conduziu o rapaz até o km 50.

Após conseguir sinal de celular para acionar o SAMU, a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Suporte Avançado (01), se deslocou até o local da ocorrência e interceptou a ambulância que conduzia jovem.

Após prestar socorro, os paramédicos estabilizaram a vítima e o conduziram até o Pronto Socorro de Rio Branco. Apesar dos ferimentos, o jovem deu entrada no Pronto Socorro em estado estável. Ainda segundo os médicos, um projétil passou entre duas artérias principais do corpo da vítima.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção á Pessoa (DHPP).

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS