13 agosto 2022 6:59
13 agosto 2022 6:59

Depois de mais de dois meses major da PM flagrado com 70kg de drogas será julgado

O "Conselho de Justificação" vai julgar se ele deve permanecer na situação de inatividade, após ter violado normas legais

Por Marcelo Gomes, da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Há exatos quarenta e oito dias depois da prisão em flagrante com quase 70 kg de cocaína, durante uma barreira de fiscalização da polícia Rodoviária Federal (PRF), o Major da reserva da Polícia Civil do Acre (PMAC) Moisés da Silva Araújo será julgado pelo conselho de Justificação da PMAC. A determinação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOAC).

O julgamento definirá a incapacidade presumível de permanecer na situação inativa por desobediência e violação de tese as alíneas “b” e “c”, do inciso I, do art. 2º da Lei nº 657/78”, diz a publicação. Ou seja, ter tido conduta irregular ou praticado ato que afete a honra pessoal, o pudor policial-militar ou o decoro da classe.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS