8 agosto 2022 5:13
8 agosto 2022 5:13

Curso de Medicina da Uninorte obtém nota máxima em avaliação do MEC

Por Assessoria

- Publicidade -

O conceito máximo é resultado de 8 anos de muito trabalho da instituição e dos colaboradores

Criado em 2014 e responsável por formar três turmas de médicos e se encaminhando para formar a quarta neste mês de julho de 2022, o curso de Medicina da Uninorte foi estruturado de acordo com as novas diretrizes do Ministério da Educação, isso significa que desde a concepção o curso foi feito para formar médicos de excelência. Além disso, possuímos uma estrutura modelo no estado, o Centro de Simulação Realística, um dos mais modernos da Região Norte, com 28 laboratórios de saúde e laboratórios morfofuncionais, ambulatórios médicos e salas de tutoria. Para completar, possuímos a melhor biblioteca do estado com acervos físicos, e-books, periódicos médicos e base de dados.

A junção de uma metodologia ativa, laboratórios modernos e disciplinas, como a de tutoria, que acompanha o aluno do 1º ao 8º período, instigando-os a prática, faz com que o estudante de Medicina da Uninorte saia preparado para o Mercado de Trabalho ou, caso queira, continue estudando. E o melhor, o estado oferece especializações em áreas basilares como: Clínica Médica, Oftalmologia, Infectologia, entre outras.

Com todo esse trabalho, o Ministério da Educação (MEC), por intermédio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, divulgou na última segunda-feira, 4, o Relatório de Avaliação do Curso de Medicina da Uninorte. No documento, consta que o curso de Medicina oferecido pela instituição obteve nota 5, ou seja, pontuação máxima na Avaliação de Regulação dos cursos de graduação.

Rita Uchoa, coordenadora do curso de Medicina da Uninorte, conta que a nota máxima traz uma sensação de dever cumprido. “A nota demonstra que estamos com boa estrutura tanto dentro quanto fora da instituição. Além disso, é um reconhecimento do trabalho realizado com os alunos”, acrescenta.

A coordenadora enfatiza que para a obtenção da nota máxima são levados em conta alguns critérios, são eles: infraestrutura, laboratórios, plano de curso, grade curricular, aulas práticas, formação acadêmica dos docentes e preceptores, número de publicações de artigos científicos pelo corpo docente, etc. “Baseado em todos os critérios, existe uma média geral e a nossa ficou em 5. Nosso curso é recente, mas estamos entre os melhores do Brasil”, finaliza.

Para Juliano Cavalcante, pró-reitor Acadêmico da Uninorte, o conceito 5 é resultado do trabalho zeloso realizado pela instituição, e principalmente dos professores que trabalham diariamente acompanhando os alunos. “O trabalho para obtermos essa nota começou no início do curso e a avaliação do MEC veio coroar a ação da instituição”, finaliza.

ÚLTIMAS