10 agosto 2022 9:01
10 agosto 2022 9:01

Crime bárbaro: homem mata amigo com 59 facadas e dorme ao lado do corpo

Francisco Vitoriano do Nascimento foi golpeado 59 vezes com uma faca no abdômen e nas costas, e também sofreu dois golpes de enxada na cabeça

Por Correio Braziliense

- Publicidade -

A 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) concluiu as investigações sobre a morte de um homem de 60 anos na Granja do Torto (DF). O caso ocorreu em 16 de junho (Corpus Christi) deste ano. Francisco Vitoriano do Nascimento foi golpeado 59 vezes com uma faca no abdômen e nas costas, e também sofreu dois golpes de enxada na cabeça. Segundo a polícia, o crime bárbaro teve motivo fútil, com impossibilidade de defesa da vítima.

De acordo com o inquérito, a vítima e o criminoso eram conhecidos. “A vítima estava dando abrigo para o autor por uma semana, em razão deste ter sido expulso de sua residência”, explica Bruna Eiras, delegada responsável pelo caso.

Após o crime, o autor dormiu ao lado do cadáver e, no dia seguinte, foi trabalhar. Depois de receber o pagamento diário, como ajudante de pedreiro, o criminoso fugiu do local, sendo preso um mês depois por agentes da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF)

As investigações também constataram que o criminoso já possuía passagens por desacato, desobediência, ameaça, resistência e também um homicídio, quando era menor de idade.

O suspeito, 20 anos, confessou o crime, alegando defesa de sua honra e estar embriagado. “Ele responderá por homicídio triplamente qualificado, por meio cruel, impossibilidade de defesa da vítima e motivo fútil, podendo pegar uma pena de 12 a 30 anos de prisão”, afirma. Confira a explicação da delegada do caso:

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS