15 agosto 2022 11:56
15 agosto 2022 11:56

Com Vidal e Cebolinha, Dorival Júnior terá ótimo dilema para escalar o Flamengo

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

Logo após a classificação sobre o Atlético-MG, para as quartas de final da Copa do Brasil, o Flamengo anunciou a contratação de Arturo Vidal e com ela chegou uma grande (e ótima) dor de cabeça para o técnico Dorival Júnior. Justo agora, que o treinador parece ter encontrado o time ideal, depois da vitória emblemática diante de um poderoso Galo que foi inoperante e dominado durante todo a partida.

Com Vidal e Cebolinha, Dorival Júnior terá ótimo dilema para escalar o Flamengo. Reprodução.

Coincidentemente a escalação da última quarta-feira é a mesma que massacrou o Tolima, por 7 a 1, pelas oitavas de final da Libertadores. Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Thiago Maia, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol e Pedro, juntos, fizeram o Flamengo ter uma atuação de gala, remetendo ao ano mágico de 2019, quando o Rubro-Negro vencia e convencia dentro de campo.

Além de Vidal, Dorival Júnior terá que achar também um lugar para Everton Cebolinha. O problema é achar quem mereça sair do time. A começar pelo ataque, Pedro vive um grande momento pelo Flamengo, com cinco gols e três assistências nos últimos quatro jogos. Gabigol possui números mais modestos, apenas quatro gols no mesmo período. No entanto, é o artilheiro da equipe na temporada e carrega com ele a alcunha de predestinado, sempre correspondendo em momentos decisivos, período no qual a temporada já se encontra.

Éverton Ribeiro, atuando mais por dentro e não tão espetado na ponta, também cresceu de produção. Sem contar que é o capitão da equipe. Quanto a Arrascaeta, o uruguaio nem entra em discussão, tendo em vista que sempre manteve a regularidade. Com esse panorama, fica difícil a entrada de Cebolinha no time, tendo em vista que o jogador atua pela ponta esquerda e essa função não faz parte do esquema tático atual, que conta com dois meias e dois atacantes, que flutuam o atacam o espaço vazio.

Já Vidal tem mais chances de entrar na equipe e mantê-la encaixada, pois não mudaria a disposição tática. O chileno pode ocupar a vaga de Thiago Maia, como segundo volante, conseguindo manter a pegada na marcação, mas com um toque a mais de qualidade na armação das jogadas. João Gomes, um dos pilares do sistema defensivo, atualmente também tem status de intocável, tanto do técnico, como da Nação. O certo é que se trata de ótimo reforços e que vão ajudar bastante o Rubro-Negro.

– A gente, futebolisticamente, não tem o que falar do Vidal. Ele já jogou nos melhores times do mundo. Acho que a experiência dele vai ser muito importante para esse grupo. É um cara que vai muito na raça também e está muito motivado para jogar conosco. Tomara que logo ele já possa estar entre nós dentro do campo. E o Cebolinha, a gente sabe da qualidade que ele tem, o que ele fez aqui no Grêmio e no Benfica também. É bom tê-lo no nosso lado agora – afirmou Arrascaeta em entrevista à FlaTV.

Vidal e Everton Cebolinha estarão aptos a estrear a partir da próxima segunda-feira (18), data que marca a reabertura da janela de transferência. Até lá, a dor de cabeça de Dorival Júnior estará suportável. Neste sábado, o Flamengo enfrenta o Coritiba, no Mané Garrincha, em Brasília. Mais uma chance para os titulares se confirmarem ainda mais.

Fonte/ Portal Yahoo.com

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS