17 agosto 2022 2:31
17 agosto 2022 2:31

Brasil vence Canadá com facilidade pela Liga das Nações

Seleção bate canadenses por 3 sets a 0 em só 1h27min e garante "virtualmente" vaga nas quartas de final

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

A seleção brasileira masculina bateu na manhã desta última quinta-feira o Canadá pela Liga das Nações. Vitória maiúscula da equipe de Renan Dal Zotto por 3 sets a 0, parciais 25/18, 25/19 e 25/16, em só 1h27min de jogo. Com esse resultado, o Brasil chega a sete vitórias na competição e garante “virtualmente” vaga nas quartas de final. A terceira semana da Liga das Nações acontece em solo japonês, na cidade de Osaka.

A seleção volta à quadra nesta última sexta-feira contra a França e encerra a participação nesta fase contra os donos da casa no domingo. Todos os jogos têm transmissão dos canais sporTV.

O Brasil soma agora 21 pontos (sete vitórias e três derrotas) com a quinta colocação geral. Com 22, Estados Unidos, França, Itália e Polônia ocupam as primeiras posições. Sendo que as últimas duas seleções ainda entram em quadra nesta quinta-feira e podem se distanciar na tabela. Já Estados Unidos e França se enfrentaram mais cedo com vitória por 3 sets a 2 dos americanos, parciais 15/25, 25/22, 22/25, 25/14 e 15/8.

Os oito primeiros colocados se classificam para as finais, em Bolonha, Itália, de 20 a 24 de julho. Atrás do Brasil, Japão tem o mesmo número de vitórias da seleção. Holanda tem seis, Irã tem cinco e Eslovênia e Sérvia têm quatro. Com quatro das seis equipes ocupando as últimas vagas na próxima fase, só uma combinação muito improvável de resultados poderia tirar o Brasil das quartas de final neste momento.

O jogo

O Brasil teve uma atuação convincente diante dos canadenses. Logo no primeiro ponto da partida o jovem Darlan deu uma amostra do que viria pela frente após uma largadinha. Antes mesmo da seleção abrir 3/0 no primeiro set Leal sentiu o tornozelo após ataque, mas foi apenas um susto. Na sequência, o jogo teve mais equilíbrio com os canadenses buscando o próprio Leal nas ações de ataque. Com algumas falhas na recepção, o Brasil viu o Canadá encostar em 8/7.

Aí entrou o protagonismo de Bruninho com sua ótima variação na distribuição das bolas. Com Flavio caindo muito bem pelo meio, os comandados de Renan Dal Zotto voltaram a abrir vantagem de quatro pontos no 12/8. E a partir de então foi só deslanchar no ataque de Isac e no bloqueio de Flavio, que fechou a primeira parcial em 25/18.

No segundo set, Isac voltou a ser o antídoto da reação canadense. Em dois momentos que os adversários abriram vantagem de três pontos, a passagem dele pelo saque foi o diferencial. O jogador serviu muito bem desestruturando a linha de passe do Canadá no 3/0 e no 12/9. Até o 14/14 o jogo esteve equilibrado. No entanto, na reta final a superioridade técnica do Brasil voltou a se evidenciar. A seleção fechou o set após dois toques no levantamento do Canadá e bloqueio de Isaac.

O terceiro set apenas coroou a ótima atuação do sexteto titular, formado por Leal, Darlan, Lucarelli, Flavio, Isac e Bruninho. Maior pontuador do Brasil com 15 pontos, Leal voltou a corresponder na parcial, soltando o braço pra cima dos canadenses. E assim o set que parecia mais equilibrado, disputada ponto a ponto no início, teve o Brasil despontando para fechar em 25/16.

Fonte/ Portal ge.globo.com

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS