13 agosto 2022 7:39
13 agosto 2022 7:39

Bittar rompe com Gladson e não descarta pré-candidatura ao governo do Estado

A chapa esquentou e Márcio Bittar anunciou que não é mais aliado de Gladson Cameli. Bittar não concorda com a indicação de Alan Rick ao vice governo do Estado.

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

“Comunico então que a partir de hoje, seguiremos eu e o governador, por caminhos diferentes”. A frase é do senador licenciado, Márcio Bittar, na quarta-feira, 27, em nota, ao confirmar o rompimento total com o governador Gladson Cameli (Progressista).

O pronunciamento de Bittar ocorre três dias depois de Gladson confirmar o deputado federal Alan Rick (União Brasil) como vice dele na chapa a reeleição.

Até então o nome anunciado para ocupar o cargo era de Márcia Bittar, ex-esposa do senador.

“As últimas notícias deixam claro que ele rompeu com nossa aliança. Quando um não quer, dois não se juntam”. Afirmou Márcio Bittar.

Bittar disse ainda, que no momento irá se dedicar a reeleição do presidente Bolsonaro.

“Vou me concentrar agora, mais do que nunca, na campanha de reeleição do presidente Bolsonaro no Acre”.

Ao tomar ciência da nota de rompimento, o governador Gladson Cameli, em entrevista ao site local, desejou sorte ao ex-aliado.

Nos bastidores, a notícia que se fortalece, é de uma possível pré-candidatura de Márcio ao governo do Estado, ou apoio do União Brasil a pré-candidatura da deputada federal Mara Rocha ao governo.

Fonte/ Jornal Opinião

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS