5 julho 2022 7:51
5 julho 2022 7:51

Vítima de tentativa de execução em Rio Branco é foragido da Justiça da Bahia e suspeito de integrar o “Novo Cangaço”

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O homem vítima de uma tentativa de execução ocorrida na tarde desta quinta-feira, 2, no Conjunto Ouricuri, em Rio Branco, é foragido da Justiça da Bahia. A descoberta foi feita por investigadores da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.

Logo depois do crime, foi informado à polícia e à equipe médica que o nome do acusado era José Alfredo Gomes de Albuquerque, mas a farsa durou pouco. Um levantamento dos policiais da DHPP descobriu a verdadeira identidade da vítima. Trata-se de Anderson Gomes de França Primeiro, foragido da Justiça da Bahia. Ele estava com um mandado de prisão em aberto pela acusação de roubo.

Consta na investigação que no dia 13 de julho de 2019, Anderson, e mais dois comparsas, foram presos pela Polícia Militar de Paulo Afonso, município Baiano que fica a 479 quilômetros de Salvador. Na época da prisão, Anderson e seus comparsas portavam dois fuzis, um revolver, capuz, droga, 402 munições de fuzil e três veículos roubados, entre eles, duas caminhonetes.

De acordo com a Polícia Civil, a intenção dos criminosos era executar assaltos em agências bancárias do interior da Bahia. Anderson Primeiro é suspeito de integrar o bando do “Novo Cangaço”, especializado em assaltos a bancos.

Fonte: AcreNews

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.801 outros assinantes

ÚLTIMAS