5 julho 2022 1:14
5 julho 2022 1:14

Saque triplo do PIS/Pasep em junho chega a R$ 3.000; confira as modalidades

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Trabalhadores de todo o país poderão contar com até três saques do PIS/Pasep para este mês de junho. Os benefícios são de diferentes calendário e anos de apuração, com valores que podem ultrapassar a faixa dos R$ 3 mil.

No geral, os saques dizem respeito aos seguintes benefícios: saque PIS/Pasep ano-base 2019, saque PIS/Pasep ano-base 2020 e as Cotas PIS/Pasep. Ao todo, são três possibilidades oferecidas aos brasileiros que atuaram com carteira assinada e cumpriram os demais requisitos do programa. Veja quais são elas a seguir!

Abono salarial 2020

Têm acesso ao benefício os trabalhadores que atuaram em emprego formal por pelo menos 30 dias em 2020 e receberam durante o período a quantia média de até dois salários mínimos.

Outros requisitos para o acesso ao dinheiro incluem ter inscrição no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos, além dos dados corretamente atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS/eSocial).

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, cerca de R$ 430 milhões ainda podem ser sacados. Os trabalhadores podem resgatar o dinheiro até o dia 29 de dezembro. A consulta ao extrato do PIS/Pasep pode ser feita no aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Os valores liberados variam entre R$ 101 e R$ 1.212.

Abono salarial 2019

Milhares de trabalhadores ainda não foram resgatar o abono salarial referente ao ano de 2019. Porém, uma nova chance foi dada ao grupo de pessoas que esqueceu de resgatar o dinheiro. Os valores variam entre R$ 92 e R$ 1.100.

Atualmente, as formas de solicitação de saque do dinheiro são feitas da seguinte forma:

  • de forma presencial, na apresentação de um documento com foto em uma das unidades regionais do Ministério do Trabalho; ou
  • por meio do e-mail [email protected] É preciso trocar a “uf” pela sigla do estado em que o trabalhador reside.

Para saber se tem direito, o trabalhador também deve acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Sobre as regras de saque, elas são as mesmas da modalidade acima, porém, o ano-base de apuração é 2019.

Cotas PIS/Pasep

Os cidadãos que exerceram atividade com carteira assinada entre os anos de 1971 e 1988 podem ter dinheiro esquecido nas Cotas PIS/Pasep, no caso de quem ainda não as resgatou. O dinheiro já foi liberado e está disponível para saque até 1º de junho de 2025.

O trabalhador elegível pode ir até uma agência da Caixa e apresentar um documento oficial com foto para fazer a retirada. Em caso de morte do titular, tem direito ao benefício o herdeiro ou dependente. Diferentemente das opções anteriores, os valores podem atingir quantias acima dos R$ 3 mil.

A consulta aos valores deve ser feita no aplicativo do FGTS, local onde o dinheiro foi enviado após a extinção do Fundo PIS/Pasep.

Edital Concursos Brasil

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.795 outros assinantes

ÚLTIMAS