6 julho 2022 1:32
6 julho 2022 1:32

Prisão de Milton Ribeiro espalha pavor no Planalto de delação premiada

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Interlocutores do presidente Jair Bolsonaro (PL) não escondem o medo de que o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, presos nesta quarta-feira (22), pela Polícia Federal (PF), comprometam o governo com uma delação premiada em novo depoimento.

Ribeiro e os pastores são acusados de envolvimento em um esquema para liberação de verbas do MEC.

Aliados do governo identificaram um tom de ameaça de Milton Ribeiro quando, em depoimento na sede Polícia Federal, em Brasília, em março, ele confirmou que Bolsonaro lhe pediu para receber os dois pastores, acusados por prefeitos de cobrarem propina para intermediar a liberação de verbas do MEC.

Silêncio

O depoimento à PF, de acordo com Gerson Camarotti, foi recebido por aliados de Bolsonaro como um aviso do ex-ministro de que não aceitaria ser abandonado.

Fonte: Revista Fórum

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.850 outros assinantes

ÚLTIMAS