5 julho 2022 1:57
5 julho 2022 1:57

Médico acreano é agredido até a morte pelo próprio amigo no interior do Paraná

Fabio saiu de Rio Branco para estudar Medicina fora do Estado.

Por Catriny Souza da Redação Ecos da Notícia.

- Publicidade -

Fabio Maia, médico, natural do estado do Acre, e atuante em Prudentópolis, no programa “Estratégia da Saúde da Família do Jardim Delmirna”, região de Ponta Grossa, no Paraná, foi morto na noite do último domingo, 05 de maio, espancado pelo próprio amigo, que foi detido pela Polícia Militar.

“Aos policiais, o acusado assumiu ter agredido o médico, e disse que ao vê-lo sem sinais vitais, decidiu ligar para o Corpo de Bombeiros, para pedir ajuda”, diz o trecho de uma reportagem de um site local.

Agressor do Dr. Fábio Maia, já na delegacia sendo ouvido pelos agentes responsáveis por lavrar o flagrante. Foto arquivo retirada da Internet.

Em nota o corpo de Bombeiros diz:  “O solicitante confirmou a agressão, e disse que o mesmo não estava respirando. Ao chegar no local, a equipe entrou no imóvel, e deparou-se com uma vítima deitada no segundo piso da casa já sem sinais vitais, possivelmente em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Iniciado o RCP e encaminhamento ao hospital, onde foi constatado óbito pelo médico de plantão”.

O órgão responsável pela perícia, constatou que o médico apresentava graves ferimentos na cabeça. O agressor foi mantido no local do crime, guarnecido por um agente do corpo de Bombeiros  até a apresentação da Policia Militar para realizar o flagrante.

Dr. Fábio Maia. Foto arquivo retirada da Internet.

O médico, era natural de Rio Branco, mas estudou Medicina fora do Estado.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.791 outros assinantes

ÚLTIMAS