30 junho 2022 11:48
30 junho 2022 11:48

Jornalista inglês e indigenista continuam desaparecidos no Vale do Javari, no Amazonas

Polícia Federal e Marinha do Brasil entram no caso e passam a coordenar as operações de buscas na selva amazônica

Por Tião Maia, da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A Polícia Federal e a Marinha do Brasil entraram, na manhã desta terça-feira, 07, nas operações de buscas e foi acionada para investigar o desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal The Guardian, e do indigenista Bruno Pereira, na região do Vale do Javari, interior do Amazonas, na região de fronteira com o Acre.

Eles estão desaparecidos desde a última segunda-feira, quando retornavam de uma viagem, à Equipe de Vigilância Indígena que se encontra próxima ao Lago do Jaburu, de acordo com nota divulgada pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). O último contato deles foi no último domingo, com uma comunidade conhecida como São Rafael, ainda no território do Vale do Javari.

O jornalista Daniel Camargo, que acompanha a questão indígena na Amazônia, em entrevista ao Portal UOL, na manhã de hoje, alertou para a possibilidade de ter havido o pior em relação aos dois. “Eles viajavam por uma região conflagrada por causa da exploração ilegal de madeireira e de outros bens das terras indígenas”, disse o jornalista.

Camargo alertou ainda para a possibilidade de os dois desaparecidos não estarem perdidos na região, já que ambos são experientes e conhecem bem a área.

O jornalista inglês já havia estado no vale do javari em outras oportunidades e Bruno, um indigenista licenciado da Funai (Fundação Nacional do Índio) é bastante experiente. “Isso torna o desaparecimento ainda mais preocupante”, disse o jornalista.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.747 outros assinantes

ÚLTIMAS