6 julho 2022 1:40
6 julho 2022 1:40

Idoso é agredido até a morte em crime planejado por vizinha adolescente

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O idoso Hélio Carlos dos Prazeres, de 68 anos, foi agredido até a morte durante um roubo em Mucajaí, no Sul de Roraima. Um jovem, de 18 anos, a namorada dele, de 13, e um adolescente, de 17, foram detidos suspeito. A menina, segundo informou a Polícia Civil nesta segunda-feira (20), era vizinha da vítima e foi quem planejou o crime.

Hélio Carlos foi assassinado por volta das 22 horas da última sexta-feira (17) no próprio bar, localizado na entrada da vicinal do Tamandaré, bairro São Jorge, em Mucajaí. A menina de 13 anos, o namorado dela e o terceiro suspeito foram encontrados no domingo (19) pela Polícia Civil. O caso é investigado como latrocínio – roubo seguido de morte.

A adolescente, segundo o delegado Adriano Santos, responsável pela investigação, morava a uns 100 metros da casa da vítima. Os investigadores receberam informação de que ela e o namorado tinham envolvimento no crime e foram até a cada dela.

No local, a mãe disse que a filha havia entrado em contato com ela afirmando que “havia matado o idoso, juntamente com o namorado e um amigo dele.”

A adolescente foi apreendida em um sítio, na região do Bom Intento, zona rural de Boa Vista. O namorado dela foi preso em uma frutaria na BR-174, na mesma região. O outro suspeito foi detido em Mucajaí.

O crime

 

A adolescente de 13 anos, segundo a Polícia Civil, disse que mantinha uma relação de amizade com idoso, pois frequentava o estabelecimento comercial dele, onde fazia compras e também faxinas para ele.

“Devido essa proximidade com a vítima, ela sabia que ele vivia sozinho e passou a colher informações de seu cotidiano, aproveitando-se da confiança que ele tinha nela”, detalhou a polícia.

Segundo a polícia, ela disse que Hélio Carlos contou para ela que guardava uma grande quantidade de dinheiro, e que tinha uma arma de fogo. Com as informações, ela contou ao namorado e, juntos, eles planejaram o crime.

Ainda segundo o delegado Adriano Santos, o casal procurou o adolescente de 17 anos e contaram sobre a possibilidade de o idoso ter dinheiro e arma em casa, convidando-o para ajudá-los a roubar e matar a vítima.

A garota, então, foi até a casa de Hélio Carlos e ficou conversando com ele até aproveitar o momento em que foi ao banheiro.

“Neste momento ela abriu a porta para seus comparsas, que invadiram a residência da vítima e o dominaram, amarrando seus pés e mãos, dando início, assim, às agressões que levaram o idoso a morte”, detalhou o delegado.

Da residência, o trio roubou a quantia de R$ 106 uma motocicleta e um aparelho celular. A motocicleta foi abandonada por eles na área urbana do município de Mucajaí, que já foi localizada pela polícia. E o aparelho celular da vítima foi apreendido com a adolescente.

Diante dos fatos e, após os interrogatórios, onde os envolvidos confirmaram todo o crime. O namorado da suspeita foi atuado em flagrante por latrocínio. Contras a menina e o outro garoto foi lavrado um Auto de Apreensão em Flagrante por Ato Infracional também por latrocínio. Todos os envolvidos serão apresentados nesta segunda-feira (20), na audiência de custódia.

Fonte: G1 RR

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.850 outros assinantes

ÚLTIMAS