5 julho 2022 6:01
5 julho 2022 6:01

Iapen realiza campanha de vacinação contra influenza no Complexo Penitenciário

Por Agência do Acre

- Publicidade -

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC) realiza nesta semana, nos dias 21, 22 e 23, de terça à quinta-feira, uma grande campanha de vacinação contra influenza no Complexo Penitenciário de Rio Branco, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), o Centro Universitário Uninorte e a Universidade Federal do Acre (Ufac).

Ação é fruto de parceria entre as instituições. Foto: Dhárcules Pinheiro/ Secom

A ação conta com apoio do Plano Nacional de Imunização da Sesacre e também de estudantes de Enfermagem da Ufac e de Medicina da Uninorte. A meta é alcançar 100% de toda a população carcerária feminina e masculina. Serão disponibilizadas, ainda, 100 doses de vacina contra a covid-19 para os presos recém-chegados, e que ainda não tenham completado seus esquemas vacinais.

O presidente do Iapen, Glauber Feitosa, destaca que o processo de vacinação do sistema prisional iniciado nesta terça, 21, tem a proposta de alcance de imunização de 100% dos apenados em regime fechado, assim como no período de combate à covid-19, onde foi possível obter resultados relevantes com todas as medidas sanitárias tomadas e também com a vacinação contra a doença.

Objetivo da ação é imunizar todos os presos e evitar propagação do vírus. Foto: Dhárcules Pinheiro/Secom

“Agora entramos em um novo processo de imunização. Nesse atual momento contra a o vírus da influenza, que é de suma importância, tendo em vista que, após a vacinação, o apenado terá o seu sistema imunológico pronto a combater o vírus, diminuindo quaisquer que sejam os possíveis danos relativos a ele,” ressalta o presidente.

Ingrid Suárez, chefe da Divisão de Saúde Prisional do Iapen, explica que no ambiente carcerário os vírus se propagam com muita facilidade. Pensando nisso e no controle de patologias graves é que a Divisão de Saúde Prisional organizou a campanha contra a influenza para proteger a população carcerária e seus visitantes. Ela agradece também a colaboração das instituições que estão participando da ação. ” Essa campanha não seria possível sem o apoio de instituições parceiras como a Secretaria Estadual de Saúde, por meio do PNI, e as universidades, a Uninorte e a Ufac, que sempre são parceiras e cedem os alunos de Enfermagem e Medicina nessas campanhas de imunização”, ressalta.

Galeria de Imagens:

Fotos: Dhárcules Pinheiro/Secom

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.797 outros assinantes

ÚLTIMAS