5 julho 2022 9:17
5 julho 2022 9:17

Hospital da Criança passará por reforma e pacientes serão transferidos para o Into-AC

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

As instalações do Hospital da Criança (HC), em Rio Branco serão transferidas neste sábado, 11, para o prédio do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-Ac). A mudança estava programada para acontecer a partir do cancelamento da resolução de tombamento do prédio, fato que ocorreu na última quinta-feira, 9, o que permite a realização de obras de reforma e ampliação já autorizadas pelo governo.

A nova estrutura, dado o momento delicado de internações por síndromes respiratórias agudas em crianças, permitirá a criação de mais leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), unidades semi-intensivas e leitos de enfermaria pediátrica. Inicialmente, os leitos serão ampliados de 63 para 100, podendo ser expandidos em caso de necessidade.

“A reforma e ampliação do Hospital da Criança já era uma prioridade da gestão. Há várias adequações e melhorias estruturais a serem realizadas no prédio. A transferência dessas instalações vem em um momento oportuno, pois com o novo espaço, faremos a ampliação de leitos pediátricos, aumentando assim a capacidade de atendimento e assistência em saúde da população”, explicou Laura Pontes, gerente-geral do Sistema da Saúde da Mulher e da Criança (Sasmc).

Devido o aumento da procura de internações por síndromes respiratórias, o Pronto Socorro de Rio Branco e Unidade de Pronto Atendimento (Upa), do segundo distrito, também passam por processo de ampliação dos leitos.

Nova Maternidade

Em abril deste ano, o governo do Estado também deu início aos procedimentos para a implantação da nova maternidade de Rio Branco. O orçamento inicial previsto é de R$ 95 milhões para a conclusão dos quatro estágios. A primeira parte da obra deve durar um ano e meio. O primeiro período das obras tem o valor estimado em R$ 28 milhões.

A unidade vai contar com 150 leitos de enfermaria clínica e obstétrica; 16 salas PPP (pré-parto, parto e pós-parto); sete salas de cirurgia e de parto cesariano; 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto; 30 leitos de UTI Neonatal, 30 leitos de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), 15 leitos de UCI Canguru, além da Casa da Gestante, Bebê e Puérpera, que vai atender gestantes de alto risco.

Fonte: Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.794 outros assinantes

ÚLTIMAS