10 agosto 2022 4:24
10 agosto 2022 4:24

Homem que matou por disputa entre facções é condenado a 16 anos de prisão

Crime foi cometido em julho do ano passado e seria um acerto de contas entre membros de um grupo criminoso que se dividiu

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Acusado de matar um homem por conta de rixa entre facções criminosas, Valber de Oliveira Ferreira foi condenado a 16 anos e 4 meses de prisão em júri na cidade de Araguari, nessa segunda-feira (27/6). O crime foi cometido há quase um ano no Triângulo Mineiro. O mesmo réu ainda responde por roubo.

O crime aconteceu na noite de 1º de julho de 2021, quando o réu invadiu um alojamento onde a vítima dormia por causa do trabalho. Valber Ferreira encontrou no local com um comparsa, rendeu o porteiro e foi até o quarto da vítima disparando pelo menos 14 vezes. Bruno Tavares Mendes tinha 21 anos.

Depois do assassinato os dois saíram do alojamento, renderam um ciclista e levaram a bicicleta dele.

No dia seguinte, Valber foi para a cidade de Uberlândia e o outro assassino ficou em Araguari e trabalhou normalmente. Depois de investigações que apontaram o principal suspeito, o coautor desconfiou que seria preso e fugiu.

De acordo com a Polícia Civil, o crime foi cometido por conta de uma rixa envolvendo uma organização criminosa que se separou. “Autor e vítima eram membros de um grupo criminoso na Bahia. Quando o grupo se dividiu, se transformou em dois grupos rivais”, disse o delegado Felipe Oliveira.

“Surgiram suspeitas na Bahia, até o momento não confirmadas, de que o Bruno tinha participado de homicídios de membros do grupo rival. Então, Valber teria vindo até Araguari para se vingar das mortes de comparsas”,completou o delegado.

O segundo envolvido e indiciado está identificado, mas não foi preso até hoje.

Fonte: Estado de Minas

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS