6 julho 2022 4:56
6 julho 2022 4:56

Governo intensifica ações no combate à violência contra a mulher

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), visando diminuir o índice de violência doméstica contra mulher, realizou em maio de 2022 mais de 560 atendimentos nas áreas jurídicas e psicológicas.

A secretaria esteve presente em três municípios acreanos, Sena Madureira, Manoel Urbano e Tarauacá para a execução do convênio Caravana da Cidadania de Mulheres, com a realização de rodas de conversas e capacitação da rede municipal de acolhimento da mulher vítima de violência domestica e familiar.

SEASDHM realizou mais de 560 atendimentos Foto: Cedida

Em Sena Madureira, dos dias 2 a 6 de maio, 131 mulheres foram atendidas, sendo 9 atendimentos jurídicos, 7 psicológicos e 116 mulheres participantes de rodas de conversas. Em Tarauacá, de 9 a 14 de maio, 323 mulheres foram acolhidas com 26 atendimentos jurídicos, 12 psicológicos e 285 participaram das rodas de conversa que abordam planejamento familiar, saúde da mulher, Lei Maria da Penha e o combate e prevenção à violência doméstica. Duas aldeias locais também foram visitadas pela equipe da secretaria, sendo elas a Aldeia Caucho e a Aldeia 27.

Aldeias Caucho e a Aldeia 27 foram visitadas pela equipe da SEASDHM Foto: Cedida

A secretária da pasta, Ana Paula Lima, reforça a importância da atuação do governo do Acre nas políticas para as mulheres. “Estamos buscando estar presente em todos os municípios, levando apoio e acolhimento às mulheres do Acre. Nossas ações potencializam e fortalecem a rede de atendimento e com isso iremos diminuir os números de casos de violência doméstica e familiar”.

Secretária Ana Paula Lima e Maria da Luz, Chefe do Departamento Migratório. Foto: Clara Vitória/SEASDHM.

Em Manoel Urbano, a caravana atendeu 107 mulheres, sendo 15 atendimentos jurídicos, 10 psicológicos e 82 participaram de roda de conversas.

O ônibus lilás esteve presentes nos três municípios com a equipe multidisciplinar Foto: Cedida

“As ações tem como objetivo a capacitação da rede municipal de atendimento a essas vítimas, bem como o atendimento individual e especializado dessas mulheres nos municípios mais carentes desse acesso à cidadania e direitos”, ressaltou a diretora interina de Políticas para as Mulheres, Isabela Fernandes.

A unidade móvel, que é o ônibus lilás, esteve presentes nos três municípios com a equipe multidisciplinar que realizou vários atendimentos especializados, oferecendo serviços de psicologia, orientação jurídica e assistência social para a população. Além de palestras sobre planejamento familiar, lei Maria da Penha, exposição dos direitos da mulher rural e empoderamento feminino.

Fonte: Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.864 outros assinantes

ÚLTIMAS