5 julho 2022 10:22
5 julho 2022 10:22

FNDE: CGU identifica gastos inconsistentes que somam R$ 18,8 bi

Suspeita de corrupção passiva e mais três crimes na gestão do fundo levaram a PF a prender nesta quarta o ex-ministro Milton Ribeiro

Por Bahia.ba

- Publicidade -

A Controladoria Geral da União identificou distorções no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que totalizam R$ 18,8 bilhões. A informação é do colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles. Nesta quarta-feira (22), a Polícia Federal prendeu o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, sob a suspeita de ter cometido quatro crimes relacionados ao FNDE.

De acordo com o jornalista, as alterações investigadas pela CGU afetaram o resultado financeiro e os fluxos de caixa do FNDE. Foram identificados lançamentos indevidos relacionadosao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e repasses para alimentação e transporte escolar.

Em um dos casos do Fies, os técnicos encontraram números diferentes na Caixa e no Banco do Brasil, que administram esses contratos do FNDE. A maior inconsistência encontrada foi de R$ 10,4 bilhões nos saldos de financiamentos deste fundo. A auditoria aponta também um gasto de R$ 3 bilhões a mais do que o necessário com mobiliário escolar em todos os estados.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.795 outros assinantes

ÚLTIMAS