5 julho 2022 1:18
5 julho 2022 1:18

Em Feijó, ação conjunta das Forças de Segurança do Estado ,resgata mulher de cárcere privado em aldeia

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Na manhã desta sexta-feira, 3, uma ação coordenada pela Polícia Civil, Ministério Público Estadual, Polícia Militar, Corpo de Bombeiro Militar e Fundacao Nacional do Índio (FUNAI), culminou na prisão de A.C.A.N, de anos idade, na Aldeia do Grota, no interior de Feijó.

De acordo com as investigações, A.C.A.M, de 50 anos de idade, mantinha em cárcere privado sua companheira M.F, de 42 anos de idade, natural do Estado do Paraná.

A ação foi assistida por uma psicóloga do Ministério Público Estadual e por um representante da FUNAI o que ficou constatado que a vítima sofria, de forma assustadora, violência doméstica.

“De fato, a vítima estava com o rosto bastante lesionado, aparentando problemas emocionais, estando bastante perturbada tanto psicológicamente como fisicamente, bastante debilitada. A vítima será submetida à análise terapêutica e, em seguida, será entregue a um familiar seu do Paraná. Foram respeitados todos os direitos do preso e da comunidade indígena”, pontua Railson Ferreira, delegado de polícia.

Em 2021, as forças de segurança em Feijó, estiveram na mesma aldeia, verificando denúncias de cárcere privado sofrido pela mesma vítima.

Os relatos de cárcere e violência doméstica contra M.F, indicam que ela sofria abusos por parte do agressor há bastante tempo.

A ação só foi possível por conta da cooperação dos órgãos que buscaram, _in loco_, verificar a veracidade das denúncias de violência familiar que a vítima sofria.

A.C.A.N está preso aguardando decisão audiência de custódia.

Fonte: Ascom/PCAC

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.790 outros assinantes

ÚLTIMAS