5 julho 2022 5:38
5 julho 2022 5:38

Em busca do 2º título da liga das juninas de Rio Branco, ‘Sassaricano na Roça’ destaca que no jogo da vida tudo se encontra

Quadrilha junina foi campeã em 2010 e vice outras cinco vezes. Já são 19 anos brincando o São João na capital acreana.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Figurino, coreografia, casamento e o frio na barriga estão ok. O que resta apenas é ser dada a largada ao Circuito da Liga das Quadrilha Juninas de Rio Branco para que os componentes da quadrilha junina “Sassaricano na Roça” possam entrar no quadrilhódromo e mostrar toda a harmonia e muita dança que foi tudo preparado para o retorno do São João.

Com 19 anos de história, o grupo tem o título de campeã do Circuito, em 2010, algumas viagens, com destaque nacional e também foi vice campeã cinco vezes. A junina que nasceu lá Conjunto Nova Esperança, tem suado a camisa para tentar o segundo título e leva para o quadrilhódromo o tema “No Jogo do Amor o Destino dá as Cartas, Pode Apostar”.

A temática retrata o jogo de cartas, e tem como objetivo mostrar que dentro do jogo, você sempre vai encontrar o seu destino, onde se encontra respostas para tudo.

Grupo busca 2º título na competição — Foto: Arquivo/Sassaricano na Roça

Com pelo menos 100 pessoas envolvidas, a Sassaricano vai dançar com 16 casais. A preparação começou ainda em outubro do ano passado, quando ainda era indefinido se teria o festival, e foi escolhido o tema.

Mas, os ensaios só começaram em fevereiro, com quatro encontros semanas e subiram para seis, com a proximidade do festival, segundo informou um dos coordenadores do grupo, Junior Martins.

“Nossas cores são vermelho, preto, dourado e branco, então estamos com essa pegada de rainha de copas e valetes e foi montado em cima destes dois personagens e está tudo pronto do nosso figurino, estamos prontos para nos apresentarmos”, disse.

A estimativa é que o grupo gastou em torno de R$ 40 mil. Sem conseguir aprovar projetos, tudo foi arrecadado por eles em produção de arraial, rifas e outras apresentações.

Sassaricano na Roça nasceu no Conjunto Nova Esperança, em Rio Branco — Foto: Arquivo/Sassaricano na Roça

‘Esperançosos’

Com dois anos com as atividades suspensas, ele diz que agora, resta esperar para iniciar as apresentações resta apenas lidar com a ansiedade.

“Estou com a pressão lá em cima, sem conseguir dormir direito A gente passar dois anos parados, para quem é quadrilheiro, essa temporada parado foi de matar. Estamos ansiosos e independente da competição, tem a questão do dançar, se apresentar no São João, brincar mesmo. O resultado é consequência. Estamos esperançosos porque estamos trazendo muita gente nova, também conseguimos resgatar pessoas antigas que tinham parado há mais de 10 anos de dançar. Então, é uma expectativa muito grande”, relatou.

Além das preocupações e cuidados com a pandemia, o coordenador relatou que o grupo ainda teve outra dificuldade, no início deste ano, quando tiveram que suspender os ensaios, quando houve confronto entre grupos criminosos e foram registradas várias mortes principalmente na fronteira do Acre.

“Paramos no mês de março e com essa parada, algumas pessoas, aquelas que não tem realmente aquele amor, é mais difícil para voltar e reanimar. Então, pessoas entraram de última hora para pegar coreografia e o financeiro também que bateu à porta, mas estamos indo na luta mesmo”, concluiu.

Agora, o grupo espera apenas para dar a largada. Eles devem se apresentar no domingo (12), no Via Verde Shopping. Ao todo são 8 quadrilhas juninas que vão participar da competição, sendo que todas vão receber premiação em dinheiro e troféu. A primeira colocada deve levar R$ 8 mil.

Fonte: G1ACRE

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.798 outros assinantes

ÚLTIMAS