3 julho 2022 4:34
3 julho 2022 4:34

Casal de idosos é ‘flagrado’ em momento fofo e vídeo emociona web: ‘Amor não acabou nunca’

Nadir e Gizete foram ‘flagrados’ pela cuidadora Eliana, que os acompanha de perto diariamente

Por BHAZ

- Publicidade -

Um vídeo para lá de emocionante vem provocando suspiros em internautas desde a tarde de ontem (31), quando a publicitária Giulia Inhaquite compartilhou um flagra fofo, um pequeno trecho da história de amor dos avós. A cuidadora de Nadir, 93, e Gizete, 88, registrou o momento em que os dois trocavam palavras de afeto na varanda do apartamento onde vivem, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Eles são casados há 65 anos.

Nas imagens, Gizete beija Nadir e tece vários elogios a ele. “Maridão querido, eu te adoro. Você é um marido maravilhoso!”, diz. Em resposta, ele brinca que “quebra o galho” e se compara a “outros maridos do prédio”.

Apesar da modéstia do companheiro de vida, a senhora continua a declaração romântica. “Meu amor… o amor que eu sinto por você não acabou nunca, tá? É um amor verdadeiro”. Para completar, ela ainda revelou que sonhou com o parceiro nos últimos dias, um “sonho muito bom”, segundo ela. “Eu penso muito em você”, concluiu.

Na legenda da publicação, Giulia conta que a avó nem sempre está lúcida, mas que não esquece o amor pelo companheiro. “Precisei legendar e compartilhar esse momento. O amor é lindo demais…”, disse.

Destinos cruzados

Nadir e Gizete moram no mesmo apartamento há muito tempo e, lá, criaram os quatro filhos: Diana, Josiane, Ricardo e Patrícia, a mãe de Giulia.

Há cerca de sete anos, o casal é acompanhado por duas cuidadoras. Giulia pontua que os avós não são mais completamente lúcidos e, em função da idade, as duas profissionais se alternam nos cuidados diários.

“A gente tem uma proximidade muito grande com as cuidadoras, justamente pra gente poder confiar. E pra gente ficar atento a tudo, tem um grupo no WhatsApp com elas, sempre que acontece alguma coisa elas mandam lá. De vez em quando é foto, de vez em quando é contando que minha vó não tá comendo direito”, disse ao BHAZ.

E quem é que não ficou curioso sobre o início dessa paixão? Giulia conta que a história dos avós começou quando Gizete e Nadir se encontraram no Recife. Eles se conheceram em 1955.

Ela trabalhava no colégio onde ele foi se matricular para terminar o científico. A escola tinha a vaga, mas Nadir não apresentou toda a documentação necessária, Gizete não cedeu e ele teve que falar com o diretor.

“Minha avó tinha 16 anos e ela trabalhava como secretária numa escola em que o Nadir [avô] foi estudar. Ele teve um problema com a matrícula. Aí ele começou a dar em cima dela, e nisso eles começaram a namorar. Em 1956, se casaram”, conta Giulia, divertindo-se com a reviravolta.

Gizete e Nadir são casados há 65 anos (Giulia Inhaquite/Acervo pessoal)

Amor tem que ser compartilhado

Com o Dia dos Namorados batendo à porta, o registro romântico do casal já ultrapassa as 170 mil curtidas e 24 mil retuítes no Twitter. Nos comentários, dá para notar que o momento arrancou lágrimas de muita gente. Enquanto alguns anseiam pela chance de viver um amor duradouro, como o dos avós de Giulia, outros recordam entes queridos que já partiram e deixam saudade.

“Gente, que lindo, tive 500 depressões diferentes pensando que talvez eu nem viva o suficiente pra ter um amor assim. Mas que coisa linda de ver, eles são preciosos”, disse uma internauta. “Eu tô chorando sim! Deus, quando é que eu vou viver um amor que acabou nunca????”, questiona outra jovem.

“Meu avô morreu há 15 dias. Até o dia em que ele foi socorrido, ele e minha avó foram assim, até sobremesa na boca ele dava pra ela, depois de 72 anos de casamento. É muita sorte ver e viver isso”, recordou uma pessoa. “Que coisa linda, o amor ainda persiste no mundo atual”, escreveu outro rapaz.

Apesar de ter certas expectativas sobre uma repercussão partindo de amigos e familiares, Giulia se surpreendeu com a visibilidade que o vídeo ganhou nas redes. Foi a cuidadora Eliana quem enviou o registro emocionante, pelo mesmo grupo em que a família se comunica diariamente.

“Não esperava que fosse sair da minha bolha da forma que saiu e chegar em outros estados, no Brasil inteiro. Mas fiquei muito feliz com isso, porque acho que uma história de amor tem que ser compartilhada. A gente tá precisando de notícias boas assim”.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.752 outros assinantes

ÚLTIMAS