3 julho 2022 9:47
3 julho 2022 9:47

Brasil vai amanhecer em guerra se Lula for eleito presidente, afirma Ciro Gomes

Ciro deu a declaração na última segunda-feira, 06, em entrevista ao Flow Podcast. Com 7% na pesquisa mais recente do Datafolha: "Você acha que, se o Lula for eleito, o país vai amanhecer mais ou [vai amanhecer] menos pacificado?".

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

Pré-candidato do PDT à Presidência, e terceiro colocado na pesquisa mais recente divulgada pelo instituto Datafolha, Ciro Gomes afirmou que o Brasil vai amanhecer “em guerra” caso Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja eleito presidente.

Manifestante Brasileiro, em ato democrático de direito à expressão, se opondo a ideologia esquerdista. Foto arquivo retirada da Internet.

Ciro deu a declaração nesta segunda-feira (6), em entrevista ao Flow Podcast. Questionado se o plano para tentar chegar ao 2º turno “está mais voltado a tirar eleitores de Bolsonaro [PL] e Lula” ou a convencer quem não pretende votar em nenhum dos dois, o pedetista disse que pretende atuar nas duas frentes.

O levantamento do Datafolha divulgado no fim do mês passado mostrou que, no 1º turno, Lula tem 48% das intenções de voto, contra 27% do presidente Jair Bolsonaro. Já Ciro aparece com 7%.

Na entrevista, ele afirmou: “Quero reconciliar o Brasil. O que eles [eleitores] estão fazendo com o Bolsonaro depois de terem sido enganados? Eles não querem de volta a esculhambação do Lula e do PT, que eu também não quero. Então, eu posso dizer para eles:

“Ó, meu irmão, a chance agora é você botar um cara que vai poder fazer uma discussão lá no segundo turno com o Lula. Tira o Bolsonaro agora, porque lá eu vou poder discutir corrupção, pacificação do país”.

Em seguida, o pré-candidato perguntou: “Você acha que, se o Lula for eleito, o país vai amanhecer mais ou [vai amanhecer] menos pacificado?”.

Ciro Gomes (PDT) foi entrevistado, no domingo, 20 de maio, pela equipe do Flow Podcast. Foto arquivo retirada da Internet.

Quando o entrevistador começou a responder, o próprio Ciro interrompeu e completou: “Em guerra. Isso é evidente! Você acha que o Lula tem condição de oferecer uma agenda de enfrentamento da corrupção, que é um problema gravíssimo do Brasil? Ele tem alguma condição? Ele não tem condição nem de falar no assunto”.

Na entrevista, o Ciro diz que quer “pegar o eleitor que está com Lula sabendo que Lula corrompeu o país, que o Lula produziu a crise econômica, que o Lula parou no tempo, que o Lula é o grande responsável pelo atraso conceitual e ideológico do Brasil, mas que é o único cara que pode derrotar o Bolsonaro…”.

“Eu quero mostrar para essa pessoa que eu derroto o Bolsonaro – e posso derrotá-lo ainda tirando ele do 1º turno. É só isso! Em vez de votar no Lula com casca e tudo, engolindo essas contradições todas, vota em mim, que eu tiro o Bolsonaro do 2º turno.”

Fonte/ Portal G1

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.750 outros assinantes

ÚLTIMAS