6 julho 2022 1:37
6 julho 2022 1:37

Bolsonaro se compromete a tentar acabar com benefício da meia-entrada em encontro com sertanejos

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro se reuniu com diversos artistas em um evento no Palácio do Planalto. Na reunião, Bolsonaro recebeu apoio de diversos cantores sertanejos e se definiu como um “apaixonado por música sertaneja”. No evento, a principal reivindicação dos artistas foi o fim da cobrança da meia-entrada, a qual Bolsonaro prometeu tentar atender.

Entre os artistas sertanejos presentes na reunião, estavam as duplas Bruno & Marrone e Gian & Giovani, entre outros. Além dos cantores, também estavam presentes o humorista Dedé Santana e Doreni Caramori, presidente da Abrape (Associação Brasileira dos Promotores de Eventos). Aliás, foi Doreni quem mais defendeu o fim da meia-entrada, que atualmente beneficia estudantes, pessoas com deficiência, idosos e jovens de baixa renda. Em um trecho de seu discurso que reproduzimos abaixo, Doreni definiu o benefício da meia-entrada como uma “injustiça histórica”.

“Meio-livro não existe. Não existe meia-bicicleta, meio-caderno. Tem uma série de meios que estimulam a cultura que não são vendidos pela metade do preço. Não pode o Estado brasileiro intervir na economia e tomar 50% da receita de determinados setores sem nenhum tipo de compensação. Precisamos corrigir essa injustiça histórica”, afirmou Doreni.

Sem detalhar muito, Bolsonaro afirmou que poderá usar decretos ou projetos de lei para acabar com o benefício da meia-entrada, desde que não haja nenhum impedimento jurídico ou constitucional. A lei da meia-entrada está em vigor desde 2013 e é válida para espetáculos artístico-culturais e esportivos. Conforme a legislação, 40% dos ingressos de um evento devem ser destinados à meia-entrada. A partir disso, os promotores do evento podem cobrar o valor total.

Fim da meia-entrada é algo positivo?

Depende. Por um lado, o fim da meia-entrada dificulta o acesso à cultura e ao entretenimento para pessoas idosos e estudantes de baixa renda, que são os principais beneficiários. Por outro lado, muitos acreditam que o fim da meia-entrada poderia levar a uma redução dos preços dos ingressos para quem não se enquadra nos requisitos do benefícios. Entretanto, se já existem pessoas que pagam o valor atual dos ingressos, é possível que o preço não diminua mesmo com o fim dos descontos. Sendo assim, somente após o eventual fim da meia-entrada podemos ter certeza se o efeito da mudança seria positivo ou negativo.

Os promotores de eventos tendem a ser contra a meia-entrada, pois acreditam que poderiam lucrar muito se o valor do ingresso fosse cobrado igualmente para todos. No entanto, o fim da meia-entrada tornaria grande parte dos eventos inacessível a uma boa parcela do público, então é provável que haja uma redução no público desses eventos também.

Carta de apoio ao governo Bolsonaro

Confira, a seguir, a carta de apoio dos artistas sertanejos ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

“Carta de apoio dos artistas do setor sertanejo ao governo do presidente Bolsonaro

Os artistas do setor sertanejo do Brasil expressam seu apoio ao governo do presidente Jair Messias Bolsonaro e reconhecem seus notáveis feitos no ano de 2019, nos diversos setores produtivos do país.

Diante da difícil situação econômica e social pela qual passava o povo brasileiro, o Brasil precisava de uma atuação forte, decidida, responsável e sem interesses escusos por parte de seus governantes. 

A retomada do crescimento econômico e da geração de empregos, o combate à corrupção, o resgate de valores da sociedade, desejos de toda a população brasileira, exigia atuação corajosa e eficiente do Governo Federal.

O país carecia de um ambiente institucional e político estável, com políticas públicas voltadas para o bem-estar da população brasileira, num ambiente econômico saudável e sustentável.

Os artistas sertanejos, que percorrem todos os cantos desse grandioso Brasil e vivenciam todos os dilemas e dificuldades do povo brasileiro, encontraram no governo do presidente Bolsonaro essa postura de um governante que trabalha em prol de seu povo, de seu país.

Assim, expressamos espontaneamente nossos agradecimentos pelas ações e medidas do governo e manifestamos nosso apoio. Queremos que o Brasil continue trilhando um caminho de prosperidade para seu povo!”

Fonte: Seu crédito Digital

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.850 outros assinantes

ÚLTIMAS