6 julho 2022 11:29
6 julho 2022 11:29

Bibliotecas Públicas acreanas são um convite à cultura e ao conhecimento

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

Após deixar Bogotá, capital da Colômbia, em uma grande expedição pela Amazônia brasileira, o médico veterinário Rodolfo Rodriguez chegou ao Acre. O profissional possui mestrado na área de desenvolvimento sustentável e estuda, há vários anos, o processo de desmatamento ilegal da maior floresta tropical do mundo.

O colombiano Rodolfo Rodriguez está percorrendo a Amazônia brasileira. No Acre, ficou impressionado com a estrutura da Biblioteca Pública Adonay Barbosa, no Centro de Rio Branco. Foto: José Caminha/Secom

Em Rio Branco, Rodriguez encontrou na Biblioteca Pública Estadual Adonay Barbosa vasto material para aprimorar seu conhecimento sobre a região mais ocidental do país. O colombiano se mostrou impressionado com a estrutura e acervo disponibilizado no espaço.

“Já estive no Amazonas, Pará e em Rondônia. Confesso que estou muito surpreso com o que vi aqui. Essa Biblioteca, além de ser muito bonita e agradável, nos proporciona uma experiência incrível. Estou revisando informações sobre o mapa do Acre, os rios da região e informações dos povos indígenas. Encontrei tudo que estava precisando e essa visita está sendo muito útil para mim”, revelou.

Biblioteca oferece vasto acervo literário e computadores com acesso a internet. Foto: José Caminha/Secom

Localizada na Avenida Getúlio Vargas, bem em frente à Praça da Revolução, a maior biblioteca pública do estado possui cerca de 80 mil livros dos mais variados gêneros literários. Além disso, conta com Espaço Digital, que oferece computadores com acesso gratuito a internet, Espaço Criança e Filmoteca.

Um dos espaços mais visitados é a seção de HQs. As revistas com histórias em quadrinhos fazem muito sucesso, principalmente entre o público adolescente.

O mangá One Piece é a mais nova paixão da estudante Narriman Lafuente, que é fã desse gênero literário japonês.

Seção de HQs é bastante procurada por adolescentes. Foto: José Caminha/Secom

“Um amigo da escola me incentivou a assistir One Piece e eu gostei bastante. Agora, estou lendo os HQs da série aqui na biblioteca e estou achando bem legal. Sem contar que a estrutura daqui é boa e incentiva bastante a cultura”, conta.

Estudante do Colégio Militar Dom Pedro II, Gabriel Diniz aproveita o espaço para reforçar o aprendizado do conteúdo que recebe em sala de aula. “O colégio tem uma disciplina bem rigorosa e isso exige preparo da nossa parte. Sem contar que o período de provas está chegando e aqui na biblioteca é um lugar muito bom para estudar”, afirma.

Estudante Gabriel Diniz complementa o aprendizado na maior biblioteca pública do estado. Foto: José Caminha/Secom

Reaberta ao público em geral desde setembro do ano passado, a Biblioteca Pública Estadual foi uma das primeiras do país a retomar suas atividades após a redução dos casos de covid-19. Atualmente, funciona de segunda a quinta-feira, das 7h30 às 17h30, e as sextas-feiras, das 7h às 13h.

“Dos 37 espaços geridos pela Fundação Elias Mansour, a Biblioteca Pública Adonay Barbosa é o local mais visitado. Antes da pandemia, cerca de 1 milhão de visitas anuais já foram contabilizadas nos registros da biblioteca. Durante um período ficou fechada, mas, agora, está funcionando em tempo integral. A população está convidada a conhecer este espaço e utilizar o nosso acervo”, conclama Jackson Viana, coordenador estadual do Sistema de Bibliotecas Públicas.

 

Biblioteca Pública Adonay Barbosa está localizada na região central de Rio Branco. Foto: José Caminha/Secom

Biblioteca Maestro Sandoval dos Anjos

Outro espaço que está de portas abertas para receber o público é a Biblioteca Pública Maestro Sandoval dos Anjos, localizada nas dependências da Escola de Música do Acre, no Parque Tucumã, na capital. O local, que foi completamente reorganizado em fevereiro, conta com um grande acervo literário voltado à música brasileira e internacional. Também conta com Espaço Digital e Espaço Criança.

“A biblioteca funciona de segunda a sexta-feira, entre 8h da manhã e meio-dia, e das das 13h até 17h30. Importante ressaltar que o nosso espaço é aberto para a comunidade em geral e não somente aos alunos da Escola de Música”, explica Evelyn Miranda, coordenadora da unidade.

Biblioteca Maestro Sandoval dos Anjos dispõe de livros voltados à musica. Foto: José Caminha/Secom

O espaço leva o nome de Sandoval Teixeira dos Anjos. Nascido na Ilha do Marajó, no Pará, ele chegou ao Acre na década de 1950. Destacou-se por ser um exímio elaborador de partituras, arranjos e letras, e participou da trajetória inicial da Banda de Música da Polícia Militar. Compôs, ainda, a Canção Acreana, Canção da Polícia Militar e Canção a José Plácido de Castro.

Bibliotecas Públicas no interior do estado

Completamente revitalizada na gestão do governador Gladson Cameli, a Biblioteca Pública Anselmo Lessa, em Tarauacá, foi entregue à comunidade em 2020, após quatro anos fechada.

O espaço de cultura e conhecimento dispõe um variado acervo literário, Espaço Criança, Espaço Digital, empréstimo de livros, além da ministração de oficinas e palestras.

Biblioteca Pública Padre Trindade, em Cruzeiro do Sul. Foto: Marcos Santos/Secom

Em Cruzeiro do Sul, a Biblioteca Pública Padre Trindade proporciona uma vista de encher os olhos. Localizada ao lado da Catedral de Nossa Senhora da Glória, os visitantes contemplam um visual privilegiado do icônico prédio religioso.

Mesmo funcionando parcialmente, a biblioteca está de portas abertas ao público. O espaço oferece cerca de 20 mil obras literárias, computadores com acesso gratuito a internet, onde é possível se capacitar por meios de cursos digitais ofertados pela plataforma Recode Bibliotecas.

Fonte/ Agência de notícias do Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.860 outros assinantes

ÚLTIMAS