4 julho 2022 11:38
4 julho 2022 11:38

Bebê de 10 meses que esperava por UTI morre de Síndrome Respiratória Aguda no Acre

Théo Dantas fez 10 meses no último sábado (4). Criança estava internada no PS desde segunda (6) e morreu na manhã desta terça (7) enquanto esperava ser transferido para uma UTI.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A família do pequeno Théo Dantas, de 10 meses, está sem acreditar na morte repentina dele na manhã desta terça-feira (7). O bebê estava internado no Pronto Socorro de Rio Branco desde segunda (6) e aguardava ser transferido para o Hospital da Criança.

A mãe do bebê chegou a fazer uma postagem desesperada nas redes sociais pedindo uma vaga em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o filho. O g1 entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) e foi informado que o bebê morreu com um quadro de bronquiolite devido à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Théo ficou doente após pegar uma gripe. No sábado (4), a família celebrou os 10 meses de vida dele. As imagens da festa foram divulgadas pela mãe da criança e servidora pública, Joelma Dantas, em uma rede social.

Na segunda (6), Joelma voltou às redes sociais para avisar que o filho estava intubado e precisava da vaga na UTI mas disse que não havia nenhuma disponível.

“Por favor, marquem o governador Gladson Cameli pois só existem no estado do Acre 9 UTIs infantis para todas as crianças do estado! Em nome de Jesus, eu preciso muito dessa vaga pro meu Théozinho. Eu sou uma mãe desesperada!”, suplicou.

Mãe do bebê, Joelma Dantas, chegou a fazer uma postagem nas redes sociais pedindo por uma vaga na UTI para o filho — Foto: Reprodução

Ao g1, o advogado e pai da criança, Thalles Damasceno, disse que tinha conseguido uma vaga de UTI no Hospital da Criança horas antes de o filho morrer. Contudo, a equipe médica disse que não tinha como fazer a remoção.

“Conseguiram uma vaga, mas não tinha vaga disponível antes. A situação dele estava muito crítica, a médica disse que não tinha como fazer a remoção e tinha que ficar lá mesmo. No PS não tinha UTI pediátrica, fizeram um improviso com uma semi-intensiva”, contou.

Abalado, o advogado falou que, talvez, se tivesse surgido uma vaga antes, o filho tivesse sobrevivido. “Provavelmente sim, mas não podemos afirmar“, resumiu.

Sobre a falta de vagas em UTIs pediátricas, mais informações sobre o quadro clínico da criança e de casos de SRAG no estado, a Sesacre informou que vai se pronunciar nesta quarta (8) no PS.

Bebê fez 10 meses no sábado (4) e data foi celebrada pela família — Foto: Reprodução

Fonte: G1ACRE

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.778 outros assinantes

ÚLTIMAS