2 julho 2022 12:18
2 julho 2022 12:18

ATENÇÃO: Caminhoneiros ameaçam nova greve; Bancos fecham no feriado; Lucro de R$ 12 bi do FGTS para 90 milhões; Projeto que limita ICMS segue para sanção

Apesar das tentativas do governo relacionada ao ICMS, caminhoneiros ameaçam greve em razão do alto preço dos combustíveis.

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

Os assuntos em destaques nesta quinta-feira, 16, começam com o fechamento das agências bancárias em todo o país.

(Neste feriado de Corpus Christi, os bancos deixam de funcionar mesmo nas cidades onde a data foi antecipada).

Outra notícia importante, é a ameaça de uma nova greve dos caminhoneiros, que culpam erroneamente, o governo federal pelos altos preços nos combustíveis. Enquanto isso, o projeto que limite a cobrança do ICMS com o objetivo de reduzir essas cotações foi aprovado pelo Congresso.

Acompanhem

A Caixa anunciou mais cedo nesta semana que cerca de 90 milhões de trabalhadores vão dividir mais de R$ 12 bilhões referentes ao lucro do FGTS registrado no ano passado. Veja mais detalhes a seguir.

Com bancos fechados, como ficam os pagamentos no Corpus Christi?

As agências bancárias de todo o país estão fechadas neste feriado, conforme anunciado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A decisão vale mesmo para os locais onde o dia de Corpus Christi foi antecipado, como em São Paulo (SP).

O atendimento retorna normalmente na sexta-feira, 17. Enquanto isso, os clientes podem utilizar os canais digitais, como sites e aplicativos, ou os terminais de autoatendimento.

Segundo a Febraban, as contas de consumo como água, energia e telefone com vencimento para 16 de junho poderão ser pagas sem acréscimo de juros amanhã.

Em geral, os boletos já são emitidas com datas ajustadas ao calendário de feriados. Se esse não for o caso, o usuário poderá antecipar ou agendar o pagamento pelos canais digitais ou caixas eletrônicos.

Caixa vai distribuir R$ 12 bilhões em lucro do FGTS

A Caixa Econômica Federal anunciou a distribuição de cerca de R$ 12,3 bilhões referentes ao lucro do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) apurado em 2021. Mais de 90 milhões de trabalhadores serão beneficiados.

A distribuição ocorre de maneira proporcional ao saldo existente na conta do cotista no dia 31 de dezembro de 2021. Pela primeira vez desde 2017, o valor não será suficiente para repor as perdas com a inflação.

O rendimento total do FGTS com a distribuição do lucro em 2020 chegou a 4,92%, enquanto a inflação atingiu 4,52%. Em 2019, ele foi de 4,90%, e a inflação e 4,31%. Já em 2018, o retorno foi de 6,18%, e a inflação de apenas 3,75%.

No ano passado, o Índice Nacional de Preços Consumidor (IPCA) alcançou 10,06%, o que significa que o rendimento das contas do FGTS ficará abaixo da inflação ainda que o lucro total seja dividido entre os trabalhadores.

O lucro será incorporado ao saldo da conta vinculada e poderá ser sacado apenas nas situações previstas por lei. O prazo para distribuição vai até o fim de agosto.

Caminhoneiros ameaçam nova greve

Descontentes com a situação dos preços dos combustíveis no país, os caminhoneiros ameaçaram uma nova greve. Em nota, a Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava) criticou o projeto que limita a cobrança do ICMS sobre esses produtos.

De acordo com a entidade, a mudança não deve ser sentida no bolso do consumidor final. Para a categoria, o ministro da Economia, Paulo Guedes, é o “grande culpado deste caos”.

“O governo se acomodou e, por ironia do destino, o ministro apelidado de posto Ipiranga, que deveria resolver esse problema, é o grande culpado deste caos, e hoje chegamos a este ponto crítico, sendo que ainda temos sérios riscos de falta de diesel”, disse a Abrava.

“Muitas especialistas afirmam que esse problema tem soluções viáveis, mas está claro que essa não é a prioridade, o que vemos é um governo desesperado”, acrescentou.

Os caminheiros acreditam que o teto do ICMS pode reduzir os preços por “dois ou três meses”, mas é ineficiente a longo prazo. Para piorar a situação, a Petrobras sinalizou que pretende anunciar um novo reajuste nos próximos dias.

“Sabemos que a Petrobras deve anunciar novos aumentos para a gasolina e para o diesel, respectivamente 17% e 16%, em breve. Ora, não precisa ser um economista para chegar à conclusão que 2 ou 3 aumentos consumirão toda redução que se pretende fazer por meio dos tributos, correndo o risco de os litros desses combustíveis ficarem ainda mais caros do que são hoje”, detalhou a entidade.

A associação ameaçou uma nova paralisação caso o caminhoneiro autônomo não “tenha suas despesas de viagem integralmente ressarcidas”. “Se não for por greve, será pelo fato de se pagar para trabalhar. A greve é o mais provável e não demora muito”, completou.

Teto do ICMS é aprovado na Câmara

O projeto que limita a 17% a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre os combustíveis foi aprovado na Câmara dos Deputados. Agora, o text segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

A proposta também cria um teto para a cobrança do tributo estadual sobre gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. Todos esses itens passam a ser considerados essenciais.

Os deputados já haviam aprovado o projeto, mas como houve mudanças no Senado, foi necessária uma nova análise. A medida é a principal tentativa do governo para reduzir o preço da energia elétrica e dos combustíveis.

Com a limitação do ICMS, os governadores temem uma perda de cerca de R$ 100 bilhões na arrecadação dos estados e municípios. Para tentar diminuir a resistência, o Congresso aprovou um dispositivo que prevê a compensação parcial dessa queda.

Fonte/ Portal editalconcursosbrasil.com

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.741 outros assinantes

ÚLTIMAS