6 julho 2022 4:37
6 julho 2022 4:37

Após dois anos sem realização Parada do Orgulho LGBT está de volta em várias cidades do país

O Movimento LGBT brasileiro nasceu em um contexto de grande repressão e injustiça social

Por Marcelo Gomes, da redação ecos da notícia

- Publicidade -

Está e a 26ª edição do orgulho LGBT no Brasil, e no Acre, após dois anos sem a realização da atração devido às consequências da pandemia da covid-19, o evento não será realizado pelas instituições responsáveis. Já na maior cidade do Brasil, em São Paulo, o evento acontece na Avenida Paulista e deve preencher o local com milhares de pessoas nesta da tarde de domingo (19).

Serão ao todo 19 carros que farão parte do trio eléctrico na avenida Paulista e neste ano de 2022 o Orgulho LGBT abordará o tema “Vote com orgulho por uma politica”. Além de outras atrações o evento contará Show de Ludimila e Pablo Vittar, Gretchen, Tiago Abravanel, Lexa, Luisa Sonza e o bloco de Carnaval Minhoquens.

O Movimento LGBT brasileiro nasceu em um contexto de grande repressão e injustiça social: a Ditadura Militar, que foi de 1964 a 1985. Assim, o surgimento de algumas publicações LGBT como os jornais Lampião da Esquina e Chana com Chana foram essenciais para o crescimento e o amadurecimento do movimento no Brasil.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.850 outros assinantes

ÚLTIMAS