3 julho 2022 6:47
3 julho 2022 6:47

A SAÚDE PEDE SOCORRO: Médicos reafirmam greve no Acre, mas prometem reforço no atendimento às crianças

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

O Presidente do Sindicato dos Médicos do Acre, Guilherme Pulici, abriu o jogo e disparou:

“Aproveitamos para informar que não existe vacina contra o principal vírus causador da SRAG, que compromete predominantemente os lactentes, que compreende as crianças com até dois anos de idade”, afirmou Pulici.

O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed) reafirmou, nesta quarta-feira, 22, a retomada da greve, a partir do próximo dia 30 de junho, no Estado. Em vídeo divulgado à imprensa, a diretoria do sindicato se posiciona contra o que qualifica como “atitudes politiqueiras” em relação às mortes de 10 crianças vítimas de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), além de destacar que a greve visa, entre outros pontos, pleitear a realização de concurso público.

Guilherme Pulici em entrevista sobre a greve dos médicos. Foto arquivo retirada da Internet.

Assim, precisamos combater as fake news de que a falta de vacinação teria causado a morte dessas crianças”, disse o presidente do Sindmed/AC, Dr Guilherme Pulici.

Apesar da greve, diante do aumento dos casos de SRAG, o Sindmed informou que os profissionais que estarão em greve estarão trabalhando nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Rio Branco, prestando apoio voluntário para ajudar a atender as crianças com síndromes gripais.

“Durante a greve dos médicos, que ocorrerá a partir do dia 30, realizaremos um ato alternativo, oferecendo atendimento às crianças com sintomas respiratórios, nos postos de saúde da prefeitura de Rio Branco. Todo ato da classe médica é para avanços no atendimento à Saúde de todos os acreanos”, disse Gilson Lima, primeiro secretário do Sindmed.

Fonte/ Portal A Folha do Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.750 outros assinantes

ÚLTIMAS