20 junho 2022 5:15
20 junho 2022 5:15

A “Japinha”, do Bonde dos 13, responsável por decaptar desafeto e exibir como se fosse um troféu, vai a audiência

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A presidiária Thais da Silva Dutra, vulgo “Japinha”, participante declarada do Bonde dos 13, que se encontra atualmente recolhida ao um presídio feminino no estado de Rondônia, deverá prestar depoimento nesta terça-feira (7) na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco.

A audiência deverá ocorrer por videoconferência, com início previsto para às 8h. “Japinha” deverá responder por crimes de homicídio qualificado, vilipêndio e ocultação de cadáver e associação criminosa. Ela é acusada de participar da execução da jovem Sandra Lima de Souza, de 21 anos, cuja cabeça chegou a exibir como se fosse um troféu. Outras quatro pessoas serão julgadas pelo mesmo crime.

Na noite do dia 5 de abril de 2020, “Japinha” estava em companhia de Carlos Eduardo Paiva da Silva, o “Dudu”, Janaina Oliveira da Silva, a “Jana”, Rafael da Silva Veras, o “Sabotagem”, e José de Souza Ferreira, o “De Menor”, quando sequestraram a jovem Sandra Lima de Souza, quando esta saia de uma festa.

Levada para uma casa na rua Apurinã, a garota foi julgada e condenada à morte pelo tribunal do crime. Espancada e retalhada a golpes de terçado, a garota teve o corpo esquartejado e a cabeça decapitada pelos marginais.

Um vídeo feito por um dos assassinos mostra quando “Japinha” exibia a cabeça da mulher assassinada, como se fosse um troféu. A frieza da acusada chegou a impressionar os policiais responsáveis pelas investigações.

Por No Amazonas é Assim

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.673 outros assinantes

ÚLTIMAS