17 agosto 2022 2:33
17 agosto 2022 2:33

Rússia diz que assumiu controle total de Lyman, no leste da Ucrânia

Assessor presidencial ucraniano avalia que o ataque bem organizado à cidade mostra que os militares russos melhoraram suas táticas.

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

O Ministério da Defesa da Rússia afirmou neste sábado (28) que a cidade de Lyman, no leste da Ucrânia, está sob o controle total das forças russas.

A reivindicação ocorre um dia depois que separatistas pró-Rússia da autoproclamada República Popular de Donetsk disseram que haviam capturado totalmente a cidade, um centro ferroviário a oeste de Sievierodonetsk.

A Ucrânia disse na sexta-feira (27) que a Rússia havia capturado a maior parte de Lyman, mas que suas forças estavam bloqueando um avanço para Sloviansk, uma cidade próxima a sudoeste.

Garagem em chamas após ataque militar perto de estação de trem em Lyman, na região de Donetsk Reuters. Foto: Arquivo retirada da Internet.

O assessor presidencial ucraniano Oleskiy Arestovych afirmou que o ataque bem organizado a Lyman mostrou que os militares de Moscou, que foram expulsos da capital Kiev em março, estavam melhorando suas táticas e operações.

Segundo a defesa britânica, a conquista de Lyman servirá de preparação para a próxima fase da ofensiva russa no Donbass, facilitando à Moscou conquistar outras cidades ainda controladas pela Ucrânia, como Sloviansk e Kramatorsk.

A Ucrânia disse nesta sexta-feira (27) que suas forças podem precisar se retirar de seu último bolsão de resistência em Luhansk para evitar serem capturadas por tropas russas que têm obtido um avanço rápido no leste, o que mudou o impulso da guerra de três meses.

Uma retirada pode aproximar o presidente russo, Vladimir Putin, de seu objetivo de capturar integralmente as regiões ucranianas de Luhansk e Donetsk. Suas tropas ganharam terreno nas duas áreas conhecidas coletivamente como Donbas.

Fonte/ CNN PORTUGAL

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS