17 agosto 2022 2:12
17 agosto 2022 2:12

O 3ª do Campeonato Acreano de Ciclismo de Estrada aconteceu no último domingo em Rio Branco

No último domingo, 29 de maio, 50 atletas competiram na 3ª etapa do Campeonato Acreano de Ciclismo de Estrada de 2022, realizada em formato de circuito, nas Vias do Parque da Maternidade.

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

O número de atletas não surpreendeu, e sim, a  resistência e preparo técnico dos competidores,  que mostraram qualidade excepcional, apenas uma semana depois de enfrentarem uma prova duríssima, na Trilha do Calafate pelo Campeonato Acreano de MTB.

Os bons resultados neste domingo, repetindo praticamente o resultado da trilha do Calafate, ficaram com atletas que já são considerados os destaques desta temporada, como Antônio Frota (1º Elite Masculino), Wellington Thomazini (1º Master B), Katrine Andrade (1º Elite Feminino) e Rodrigo Schommer (1º Iniciante Masculino).

Ótimos resultados também vieram para os atletas Val Zambianchi (1º Master A), Ian Assunção (1º Júnior Masculino), Eduardo Costa (1º Iniciante Masculino, empatado com Rodrigo Schommer) e José Márcio Ferreira (1º Master C). De um modo geral, todos os competidores tiveram disposição e ótimo preparo, mesmo num sol escaldante refletido num asfalto “novinho em folha”.

O Secretário da FAC, Gerliano Nunes, avaliou de forma positiva o evento, destacando, além dos excelentes resultados, a presença de atletas não só da capital, mas de dos municípios do interior do estado, também do Amazonas, como é o caso dos competidores de Boca do Acre.

“Merecidamente, é salutar colocar que o ciclismo competitivo de estrada acreano, tem contado com a excelente participação de atletas de Boca do Acre (AM), Acrelândia, Plácido de Castro, Sena Madureira e da Vila Extrema (RO), que não medem esforços para estarem presentes nas competições, enfrentando condições como tempo, estradas sem boa infraestrutura viária e custos logísticos altos”, ressaltou Gerliano.

“Por esta ótica, a Federação Acreana de Ciclismo, vem sempre focando em propiciar melhores eventos aos seus atletas federados, a todos que apreciam o ciclismo de alto rendimento, fomentando encontros de lazer esportivo diferenciado para a comunidade”, rematou.

A próxima etapa da competição está prevista para acontecer no mês de julho. O local da prova ainda está sendo avaliado, uma vez que a corrida que inicialmente estaria certa para acontecer na BR-364, pode ser remanejada para a Transacreana.

Fonte/ Jornal Opinião

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS