18 maio 2022 7:20
18 maio 2022 7:20

Na Maternidade Bárbara Heliodora, governador participa de programação em homenagem ao Dia das Mães

Por Redação Ecos da Notícia

A maternidade é um evento único na vida de cada mulher. Uma experiência repleta de expectativas e sentimentos vivenciados de modos diferentes. O corpo muda, as prioridades se reorganizam e a vida começa a se transformar.

Com média de 10 à 15 partos diários, para muitas mulheres, é na Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco, onde o sonho de ser mãe, passa a se tornar realidade e, pensando nas genitoras de primeira viajem, a direção do hospital resolveu promover neste sábado, 6, uma programação especial, em homenagem ao Dia das Mães, que acontece neste domingo, 8 de maio.

A ação realizada pela gestão da maternidade contou com o apoio do gabinete do governador e Sesacre. Foto: Diego Gurgel

O evento contou com a participação da secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano. Também da gerente-geral do Sistema Assistencial de Saúde da Mulher e da Criança, Laura Pontes, além de diretores da unidade, profissionais de saúde e pacientes. Foram distribuídos kits com materiais de cuidado e higiene para mães e realizada homenagens com direito a música, apresentações e buquês de flores.

O evento foi dedicado a todas as mães da maternidade, pacientes e servidoras. Foto: Diego Gurgel

Foi uma ação conjunta da Sesacre, pensada com muito carinho pelo gabinete do governador, em respeito às pacientes e servidoras da maior maternidade do estado. É aqui onde tudo acontece e precisamos tornar esse ambiente, um local cada vez mais acolhedor, a começar pela receptividade e prestação de um bom serviço”, destacou Paula Mariano.

Além da servidora mais antiga do hospital Geni Lopes, com 35 anos de casa e a primeira médica neonatologista, Joseneide Feitosa, uma das homenageadas foi a mãe de primeira viajem, Katrine Silva, de 24 anos. Moradora do município de Xapuri, ela deu a luz a pequena Kaila Lima no último dia 6 de maio, na Maternidade Bárbara Heliodora. Ela conta que a homenagem veio carregada de emoção, pois ela já havia sofrido um aborto e finalmente conseguiu se tornar mãe.

Gladson Cameli, destaca a importância das mães em sua fala. Foto: Diego Gurgel

Tive dificuldade para ganhar minha filha e me deram toda a assistência que eu precisava aqui na maternidade. O parto foi humanizado e não tenho do que reclamar, pois meu atendimento foi perfeito. Receber essa homenagem, representando as mães da Maternidade, pra mim foi um privilégio, era um sonho meu e graças a Deus ela veio cheia de saúde. Em breve já estaremos em casa”, finalizou.

Por Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.212 outros assinantes

ÚLTIMAS