17 agosto 2022 4:00
17 agosto 2022 4:00

Ministério da Saúde abre consulta pública sobre câncer de pele, que atinge 30% de todos os tumores no país

Pessoas interessadas terão acesso a um site com informações sobre diretrizes e diagnósticos sobre o chamado melanoma cutâneo.

Por Tião Maia, da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Estão abertas desde esta sexta-feira, 20 de maio, e se estendem até 08 de junho, pelo Ministério da Saúde, consultas públicas sobre Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas do Melanoma Cutâneo, o tipo mais grave de câncer de pele.

As consultas podem podem ser enviadas até o dia 08 pelo site da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) e serão analisadas pela Secretaria-Executiva do órgão.

A recomendação inicial apresentada pela CONITEC é favorável à aprovação das diretrizes diagnósticas desse tipo de câncer de pele.

Foto ilustrativa.

“O melanoma tem origem nas células produtoras da melanina, substância que determina a cor da pele, e é mais frequente em adultos brancos. Ele pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Em pessoas de pele negra, esse tipo de câncer é mais comum em áreas como palmas das mãos e plantas dos pés”, anunciou o ministério.

O Ministério da Saúde acrescentou, em nota, que embora o câncer de pele seja o mais frequente no Brasil, e corresponda a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país, “o melanoma representa apenas 3% das neoplasias malignas do órgão”.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS