7 maio 2022 7:44
7 maio 2022 7:44

Menino que se engasgou com caroço de ingá passa por cirurgia em Manaus e não corre mais risco de morte

Mãe, moradora de Jordão, agradece por ajuda da comunidade, inclusive do governador, que cedeu UTI no ar

Por Tião Maia, da Redação Ecos da Notícia

O Dia das Mães, a ser comemorado no próximo domingo, ainda não chegou, mas a jovem mãe Diênatha, moradora de Jordão, um dos municípios mais isolados do Acre, já ganhou seu presente, talvez o seu maior presente: a vida e a saúde do filho, pequeno Braywan Rodrigues da Rocha, de um ano e dez meses.

Por isso, Diênatha, é toda gratidão: ao serviço médico do Acre e do Amazonas, a imprensa e, por fim, ao governador Gladson Cameli, que disponibilizou uma UTI aérea para que a criança fosse levada para Manaus (AM), onde foi, enfim, submetido a cirurgia e já passa bem. Na tarde de sexta-feira, 6, Braywan saiu da UTI devidamente cirurgiado e a esperança agora é que possa voltar para casa o mais breve possível.

Braywan foi vítima de engasgo com uma semente de ingá, fruta típica da Amazônia, cujo caroço é grande, principalmente para passar na garganta de uma criança de sua idade. Ele passou então a ter inclusive dificuldades para respirar.

A mãe levou o pequeno ao posto médico do município, mas o desconforto persistiu e os médicos constataram que Braywan precisava ser transferido para Rio Branco, onde o serviço médico é mais avançado do que em Jordão. Trazido de avião para o Pronto Socorro do Hospital de Base de Rio Branco, já bastante debilitado, os médicos constaram que a semente da fruta havia sido broncoaspirada por ele. A broncoaspiração ocorre quando um alimento muda o percurso e, ao invés de ir para o estômago, acaba sendo levado ao pulmão.

Relembre o caso acessando o link: https://ecosdanoticia.net.br/2022/05/salve-brywan-crianca-se-engasgou-com-semente-de-inga/

A criança foi então transferida para o Hospital da Criança e a mãe se desesperou, com justa razão, ao saber que não há no Estado do Acre aparelho capaz de retirar o corpo estranho do pulmão do bebê.

A criança ficou entubada por mais de 15 dias e seu estado de saúde chegou a sensibilizar os internautas, nas redes sociais. Várias postagens pedindo ajuda ao governador do Estado, para que Braywan fosse transferido para um centro de saúde fora do Estado. O caso chegou ao conhecimento do governador Gladson Cameli, que estava em Brasília.

O governador fugiu um pouco de sua agenda de trabalho na Capital e atendeu ao pedido da família e dos internautas, colocando sua equipe para providenciar o traslado do menino até Manaus. “Estou muito feliz em poder levar meu filho para salvar a vida dele. Feliz porque as pessoas se uniram pedindo ajuda ao governador e feliz por ele ter atendido a esse clamor! Só quero que meu filho faça o tratamento e volte comigo sorridente e feliz como ele sempre foi. Orem por nós para que dê tudo certo!”, disse Diênatha, ao ver a possibilidade de salvar sua criança. Mais feliz ela ficou ao ver, na sexta-feira, o filho saindo da UTI.

Desempregada, Dienatha Da Silva Rodrigues e seu filho, que ainda estão em Manaus, precisam de ajuda e pedem a colaboração da comunidade, que foi generosa no primeiro momento, o mais crítico, e que agora, de novo, está sendo convidada a ajudar na compra de remédios (alguns não têm na rede pública), com fraldas, alimentos e outra despesas da mãe e filho na Capital amazonense. As ajudas podem ser feitas via PIX: 028.206.242-43 (é CPF).

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.131 outros assinantes

ÚLTIMAS