18 agosto 2022 6:09
18 agosto 2022 6:09

Márcio Bittar espera resultado de pesquisas que mandou fazer para declarar ou não candidatura ao Governo

Senador está recolhido em Brasília evitando contatos com jornalistas, mas de olho na política local

Por Tião Maia, da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O senador Márcio Bittar, presidente regional do União Brasil, depois de mais de uma semana de exposição na mídia, com seguidas entrevistas à imprensa nas quais chegou inclusive a insinuar que seria candidato ao Governo enfrentando o atual governador Gladson Cameli, resolveu se recolher por esses dias. Prestes a se licenciar do mandato para ceder lugar ao suplente Eduardo Veloso, o senador decidiu evitar contato com jornalistas, tanto locais como em Brasília, revelou uma fonte ligada ao parlamentar.

De acordo com mesma fonte, enquanto está recolhido, Márcio Bittar espera o resultado de duas pesquisas de opinião pública no Acre, uma quantitativa e outra qualitativa, aquela em que o pesquisador diz o nome do principal interessado na consulta e o cargo que ele pretende disputar. Nas duas pesquisas, de acordo com a fonte, deverão constar perguntas sobre a situação do nome de Márcio Bittar para disputar o Governo do Estado. De acordo com a fonte próxima do senador, conforme os números que emergiram da consulta ele declara ou não sua candidatura ao Governo.

Se favoráveis os números, Márcio Bittar pode lançar a candidatura ao Governo e retirar o nome de sua ex-esposa Márcia Bittar da disputa ao Senado. Ele teria o apoio do MDB e sua candidata ao Senado passaria a ser Jéssica Sales, do grupo do deputado federal Flaviano Melo, cacique regional da sigla.

Indagado sobre uma possível candidatura de Bittar ao Governo, o governador Gladson Cameli, que é candidato declarado à reeleição, não se mostrou surpreso. ” Não se perde o que nunca se teve“, disse o governador sobre a possibilidade de vir a perder o apoio do senador.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS