20 maio 2022 5:09
20 maio 2022 5:09

Lidar com a ansiedade: como utilizar a respiração pode aliviá-la

Veja técnicas que podem te ajudar a reduzir a intensidade das crises de ansiedade

Por Redação Ecos da Notícia

A ansiedade caracteriza-se pelo aceleramento dos batimentos cardíacos e sensações emocionais desconfortáveis como medo e insegurança. Durante as crises, há o agravamento desses sintomas e intensidade dele faz parecer que ela nunca vai embora. Contudo, é possível lidar com a ansiedade de maneiras simples, inclusive, através da respiração. Saiba como utilizar a respiração para acalmar suas crises de ansiedade e de pânico, no artigo abaixo.

Saiba como a respiração trabalha para diminuir a ansiedade

A respiração não serve “apenas” para manter o corpo vivo. Suas funções estão relacionadas à qualidade de vida e à saúde como um todo.

Através da respiração, é possível eliminar do corpo gases como o gás carbônico. Além disso, ela é fundamental para que as reações metabólicas do organismo ocorram. Respirar da forma correta também melhora a digestão, além de ajudar no equilíbrio das funções orgânicas do corpo. Por isso, a respiração acalma tanto e ajuda a lidar com a ansiedade, quando ela está muito intensa.

Continue lendo este artigo para saber técnicas de respiração que ajudam a melhorar crises de ansiedade!

Técnicas de respiração para ansiedade

Durante a ansiedade, a respiração acelera e as pessoas costuma hiperventilar. Isso pode ocasionar tonturas, tremores e outros sintomas. Todos devidos à falta de oxigênio no corpo e, ainda, intensificar as crises. Por isso, é muito importante aprender a controlar a respiração, para lidar com a ansiedade. Veja algumas técnicas, abaixo:

Primeira técnica

Primeiramente, respire fundo, contando número por número e termine de encher seus pulmões até chegar no 4. Em seguida, prenda o ar e conte mais segundos. Depois disso, solte o ar, contando novamente até 4. Faça isso até se acalmar.

Segunda técnica

Una as suas duas mãos, fazendo com elas o formato de concha. Em seguida, respire dentro delas, com o nariz completamente coberto. A respiração deve ser bem lenta e você deve fazê-la por alguns minutos, até reduzir a ansiedade.

Terceira técnica

Primeiramente, de olhos fechados, respire profundamente e observe como o seu corpo se comporta com a sua respiração. Observe seu peito subir e descer e os movimentos do seu abdômen. Expanda bastante a sua respiração.

Depois disso, solte o ar, relaxando todo o seu corpo. Isso fará aumentar a sua consciência corporal e serve tanto para conter crises de ansiedade como preveni-las. Por isso, treine a sua respiração todos os dias, em casa, ou em um ambiente tranquilo.

Dicas de como lidar com crises de pânico

As crises de ansiedade, quando muito fortes, podem se tornar crises de pânico. Nessas crises, as pessoas sentem muito medo e parece que perderão o controle dos seus pensamentos. Ou seja, são crises muito mais intensas. Contudo, são provocadas pelos mesmos motivos: não saber lidar com a ansiedade.

Portanto, se você tem crises de pânico, tente realizar todos os exercícios de respiração propostos anteriormente. Além disso, mantenha o foco dos seus pensamentos em outras coisas, que não as crises. Peça ajuda, se precisar, a quem estiver perto de você. Por fim, procure ajuda de um psicólogo para te ajudar a administrar os seus sentimentos e lidar melhor com a crise.

Por Brasil 123

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.222 outros assinantes

ÚLTIMAS