5 julho 2022 1:59
5 julho 2022 1:59

Homem tenta matar irmão e PM mas acaba baleado e morto em hospedaria de Xapuri

Homem tentou matar o irmão e após negar se entregar, partiu contra os policiais ferindo o sargento sendo baleado em seguida.

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

Segundo foi apurado, era por voltas 20 horas quando o inspetor da Polícia Civil Eurico Feitosa, transitava pela Rua Coronel Brandao, sentido bairro/centro e ao passar em frente do escritório do DEAS, percebeu uma aglomeração de pessoas no meio da rua. Ao parar e ver que o que aconteceu, foi informado que um homem acabado de ser esfaqueado pelo próprio irmão.

O autor da tentativa de homicídio teria saído caminhando sentido centro. A vítima foi socorrida pelo policial civil Eurico que o levou em seu carro hospital, onde recebeu atendimento médico ficando em observação.

Foi quando o inspetor ligou para a o quartel da PM e comunicou os fatos, informando da tentativa de homicídio na cidade e quem seria o autor. Logo em seguida, ao transitar pela rua onde ocorreu o fato, o inspetor localizou o suspeito nas proximidade do clube municipal.

Inspetor Eurico Feitosa levou o irmão ferido e o sargento em seu carro para o hospital após pedir apoio da PM e localizar o acusado.

Ao avistar o autor, Eurico retornou e o abordou na porta de uma hospedaria. Ao se aproximar, o mesmo sacou a faca da cintura e ameaçou o policial pedindo pra ninguém se aproximar e entrou na pousada.

Foi quando chegou o reforço de policiais militares e deram voz de prisão, pedindo para o mesmo ficar quieto, mas, não obedeceu e entrou no quarto se trancando.

O sargento Lunarde e o cabo Cleilson entraram na pousada e tentaram negociar o seu rendimento e diante da negativa, arrombaram a porta e utilizando uma arma taser (choque) que não acertou o primeiro disparo.

Ao tentar recarregar o segundo, foi quando o autor avançou com a faca em punho e partiu contra o sargento já o golpeando. Foi quando percebeu que poderia ferir mortalmente, o cabo Cleiton efetuou disparos contra o agressor.

Sargento da PM, Lunardi, foi ferido e teve de ser conduzido para a Capital.

O  investigador Eurico que estava atrás do Cabo dando apoio, não efetuou disparos para não acertar o PM. José não resistiu aos ferimentos e morreu no local antes mesmo da chegar dos socorristas, que levaram o Sargento para o hospital no carro do Inspetor.

Segundo foi apurado, momentos depois, o Sargento foi socorrido para a Capital, devido seu estado de saúde ser considerado delicado devido os ferimentos da faca. O irmão da vítima não corria risco de morte.

Fonte/ O Alto Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.791 outros assinantes

ÚLTIMAS