5 julho 2022 11:40
5 julho 2022 11:40

Hang processa vocalista da banda Fresno e pede R$ 100 mil de indenização

O dono da rede varejista Havan entrou com um pedido de indenização após comentário feito por Lucas Silveira no Twitter

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Luciano Hang, dono da rede de lojas varejistas Havan, processou o vocalista da banda Fresno, Lucas Silveira, por danos morais. O empresário pede indenização de R$ 100 mil após comentário feito pelo músico no Twitter, em que profere mais de um xingamento contra o empresário bolsonarista.

A defesa do “Velho da Havan”, como é popularmente conhecido, argumentou no processo, que corre na Justiça de Santa Catarina, que o empresário foi ofendido publicamente. “O cantor publicou em sua conta pessoal na rede social Twitter xingamentos diretos ao empresário […] O que, claramente, violou o nome, a honra e a imagem de Luciano perante a sociedade”, afirmou a assessoria da Havan ao Portal UOL.

O comentário que motivou o processo foi publicado por Lucas no Twitter. O músico repostou uma notícia do jornal Estadão que fala sobre empresários do varejo pedirem a Bolsonaro ações contra importações da China por pessoa física, uma forma de pressionar o governo diante do aumento de consumo dos brasileiros em sites como Shein, Shoppe e AliExpress. Um dos integrantes do grupo que entrou com o pedido é Luciano Hang.

Ao compartilhar a publicação, Lucas Silveira escreveu: “O @LucianoHang aka (expressão que significa “também conhecido como”) ‘veio FDP da Havan’ é provavelmente o maior paunoku da história desse país”.

Lucas Silveira xinga Luciano Hang em publicação no Twitter. Empresário pede indenização por danos morais
(foto: Reprodução/Twitter)

Personalidades apoiam o vocalista, que se manifesta

O cantor foi apoiado por políticos, como a deputada federal Sâmia Bomfim (PSol-SP) e a vereadora Erika Hilton (PSol-SP). “Toda minha solidariedade ao Lucas, vocalista da banda Fresno, que está sendo processado pelo Luciano Hang, o papagaio de pirata do Bolsonaro, por um tweet que fez nesta rede social”, escreveu Sâmia.

“O Brasil sabe quem é esse caloteiro, Véio da Havan. O cara que ameaçou funcionários de demissão durante a pandemia para que protestassem contra o Lockdown. O “patriota” que dá calote de centenas de milhões de reais em impostos”, disse Erika, ao demonstrar apoio à Lucas. A vereadora ainda relembrou uma reportagem publicada pelo Correio Braziliense em que mostra um documento elaborado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) que coloca em dúvida a lisura dos negócios do dono da Havan.

Depois da repercussão, o vocalista da banda de rock voltou à rede social e comentou a notícia sobre o processo de danos morais. “Quer prova maior de que o emo voltou?”, escreveu Lucas.

Lucas Silveira é um forte opositor do governo Bolsonaro. Já Hang, é um dos maiores aliados do presidente. O cantor, inclusive, demonstra com frequência repúdio ao atual governo. No show da banda Fresno no Lollapalooza, marcado por manifestações políticas, Lucas puxou um coro de “Fora Bolsonaro”, com a frase ilustrada em um telão ao fundo do palco. Até a foto da capa do Twitter de Silveira é uma foto com a frase contra o chefe do executivo.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.801 outros assinantes

ÚLTIMAS