15 agosto 2022 1:42
15 agosto 2022 1:42

Governo zera imposto de importação de produtos da cesta básica até o fim de 2022

O objetivo é reduzir o impacto da inflação no país: confira na matéria a lista dos produtos que terão alíquota zero

Por Marcelo Gomes, da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O governo federal zerou a alíquota de importação de produtos da cesta básica, para tentar reduzir o impacto da inflação no país. Foram reduzidas a zero (0%) as alíquotas de importação sobre carnes de boi desossadas; carne de frango, pedaços e miúdos, congelados; além de trigo, farinha de trigo e milho em grão.

Também estão na lista bolachas e biscoitos, produtos de padaria, pastelaria e indústria de biscoitos. As alíquotas antes estavam entre 7,2% e 16,2%. A medida vale até 31 de dezembro de 2022.

Os itens que compõem a lista são os que possuem maiores impactos sobre a cesta de consumo das camadas mais pobres da população. Em entrevista coletiva, o secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, comentou a importância da medida para a redução dos preços dos alimentos da cesta básica.

No último mês de abril, o valor das cestas básicas subiu em todas as 17 capitais do Brasil em que o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) realiza a Pesquisa Nacional de Cesta Básica de Alimentos. As maiores altas foram registradas nas regiões Sul e Centro-Oeste.

Em Rio Branco uma pesquisa realizada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), divulgou que houve leve redução do valor da cesta de alimentação (-0,87%), com aumento nos preços das cestas de limpeza doméstica (1,89%) e higiene pessoal (0,17%), quando comparadas ao custo das cestas em março.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS