7 agosto 2022 2:12
7 agosto 2022 2:12

Escritora acreana lança segundo livro de poesias na Livraria Paim, em Rio Branco

Roberta Marisa, poetisa criada às margens do rio Acre, no bairro 6 de agosto, lança obra com perguntas provocantes: “Você Está Aí?”

Por Tião Maia, da Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A escritora e poetisa Roberta Marisa, acreana de Rio Branco e criada às margens do rio Acre, no bairro 6 de agosto, lança, aos 30 anos de idade, seu segundo livro de poesias na tarde desta quinta-feira (26), na Livraria Paim, no centro da Capital.

“Você está aí?”, é o título do livro. Na verdade, uma interrogação cheia de provocações. É o segundo livro da autora. O primeiro, foi “À Beira”, plasticamente escrito à mão, com sua caligrafia caprichosa e que está praticamente esgotado, também de poesia nas quais ela fala dos abismos de quem vive à beira, do perigo, do amor, das emoções, enfim, à beira do abismo. Ou não.

“Para onde vai nossa alma quando matamos um sonho?”, pergunta, de cara, a poeta no poema “Cemitério de Sonhos”.
“Quando ela morre, por acaso, onde encova a sua história?”, continua a perguntar. “Há chão para tanto tempo perdido? Há profundidade para encobrir tanto fardo de memória?, insiste nas perguntas num livro em formato de bolso, pensado como alternativa de leitura para quem tem pressa… de viver, de ler, de se emocionar…

A autora com seu amigo “Zé do Branco”, dono de um bar que leva seu nome, no bairro da Base às margens do rio Acre.

De cara, na apresentação, o livro revela que Roberta Marisa, como toda acreana que se preza, é membro de uma daquelas famílias vindas do seringal, e que sem maiores posses, se instalou às margens do rio. Por isso, para aquela menina criada por avó, e até uma bisavó, o universo feminino em sua vida seja tão forte.

Uma fortaleza com a leveza e doçura de uma menina que, no lazer, trocou a tradicional brincadeira de médico ou de casinha, com bonecas, por banhos de rio, naquele rio Acre em cujas águas ela tem consciência, pelos ensinamentos matriarcais que coincidem com a filosofia dos gregos pré-socráticos, só se banha uma vez. Mesmo que a volta ao mesmo rio seja constante.

Roberta Marisa com o professor de Literatura aposentado pela Ufac, Ivo Araujo.

A poetisa cresceu assim, livre, leve solta… Vem do teatro. A jornalista, publicitária e com pós-graduação em mídia digital, foi fisgada pela arte desde cedo. No teatro, aprendeu a encenar e, no jornalismo, quando queriam que ela representasse o que não seria verdadeiro e antítese do jornalismo, pegou o boné, deu adeus às redações e assessorias e caiu, com a cara e a coragem, no mundo das artes, principalmente o da literatura, onde viver disso, num país em que poucos lêem e os que lêem pouco entendem, ela pergunta, provocativa: “Você Está Ai?”.

O livro traz pelo menos 60 poemas que são, antes de mais nada, um resumo de emoções de uma mulher libertária e que, no entanto, tem tantas perguntas a fazer. As respostas, sobre se o leitor está ou não aí, cabem a quem manusear o livrinho de bolso com ilustrações da própria Roberta Marisa, a qual, também nas horas vagas, é uma artista plástica de excelência. O livro estará disponível, a partir desta noite de autógrafos, na Livraria Paim.

Lançamento de livro

Título: “Você está Aí?”.
Gênero literário: Poesia.
Autora: Roberta Marisa.
Local: livraria Paim, Rua Rio Granbde do Sul, Centro, Rio Branco-AC
Horário: das 17 às 19 horas
Valor: R$ 25,00

ÚLTIMAS