6 julho 2022 5:04
6 julho 2022 5:04

Em menos de uma semana, Coreia do Norte tem mais de 1 milhão ‘com febre’ após primeiros casos de covid-19

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Em menos de uma semana a Coreia do Norte registrou mais de um milhão de pessoas “com febre”, por conta do surto de Covid-19 que atinge o país. Nesta segunda-feira (16), o ditador Kim Jong un ordenou que o exército distribua remédios para a população. As informações são da BBC.

Segundo a agência de notícias estatal KCNA, pelo menos 50 pessoas morreram, mas ainda não sabe ao certo quantas testaram positivo para a doença, já que o país não tem muitos testes disponíveis.

Um lockdown foi imposto pelas autoridades desde a semana passada, quando foram registrados os primeiros casos de Covid-19. Os norte-coreanos não têm acesso às vacinas produzidas no mundo e estão vulneráveis ao vírus.

No sábado (14), Kim Jong un chegou a afirmar que o país estava vivendo uma “grande turbulência”.

Logo no início da pandemia, ainda em 2020, a Coreia do Norte se fechou e recusou diversas ajudas da comunidade internacional. A Coreia do Sul ofereceu doses de vacinas e assistência de profissionais da saúde, assim como a China, mas as ofertas não foram aceitas.

Fonte: RedeTv!

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.864 outros assinantes

ÚLTIMAS