6 julho 2022 2:27
6 julho 2022 2:27

Educação divulga Jogos Escolares no interior

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Após dois anos de pandemia e com as atividades paralisadas, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio do Departamento de Esportes, realiza a divulgação dos Jogos Escolares no interior. Três equipes se dividem para percorrer os municípios.

Competição reúne comunidade escolar. Foto: Stalin Melo/Arquivo SEE

Em Feijó, a equipe, coordenada pelo chefe da Divisão Educacional, Marcos Carneiro, realizou uma reunião com professores e gestores no auditório da Escola José Gurgel Rabelo. Na oportunidade, foi firmado o termo de compromisso em realizar a fase municipal, e os profissionais foram motivados para que os jogos aconteçam nos municípios.

De acordo com Marcos Carneiro, cabe às escolas realizar as fases municipais. “Tem muito lugar onde já está acontecendo”, explicou. Em julho, informa, está prevista a fase estadual que, este ano, será em Epitaciolândia e a fase nacional será nos meses de setembro e outubro.

“Além de passar as informações mais detalhadas para que os professores possam realizar as fases municipais, também estamos motivando as escolas, porque depois dessa pandemia estamos vindo com força total, e o governo está realizando essa divulgação”, afirmou.

Em Feijó, encontro com os professores aconteceu no auditório da Escola José Gurgel Rabelo. Foto: Núcleo da SEE/Feijó

Com a motivação que está sendo repassada aos professores, de acordo com Marcos Carneiro, quem ganha são os alunos. “Está todo mundo com saudade dessa alegria, dessa festa e este ano teremos algumas novidades, já que não será realizada a fase regional, apenas a municipal e a estadual”, disse.

Sobre a fase estadual, cujas seletivas de vôlei, futsal, basquete e vôlei de praia serão realizadas em Epitaciolândia, Marcos destacou também ser algo inédito, já que as seletivas estaduais eram realizadas sempre na capital, Rio Branco, ou em Cruzeiro do Sul.

Para o professor Evanilson Maia, da Escola Raimundo Augusto de Araújo, o incentivo pelo retorno dos Jogos Escolares está sendo imenso. “Para os alunos é uma motivação grande, porque eles pedem isso há muito tempo e, devido a pandemia, estamos há dois anos sem participar e espero que este ano seja de conquista e que tudo volte ao normal”, fez questão de dizer.

Além do Juruá, há equipes também dialogando com professores e gestores tanto no Alto Acre quanto nas escolas do Baixo Acre. “Estamos conscientizando professores e gestores porque os Jogos Escolares necessitam do apoio das prefeituras para as fases municipais”, explicou Marcos.

Fonte: Agência Acre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.850 outros assinantes

ÚLTIMAS