5 julho 2022 10:06
5 julho 2022 10:06

Do que os times brasileiros precisam para se classificarem na Libertadores?

Por Redação Ecos da notícia

- Publicidade -

A quinta rodada da Libertadores 2022 tem início hoje e já pode definir o futuro dos clubes brasileiros na competição. O Brasil conta atualmente com oito representantes no torneio, com quatro ocupando a liderança de seus grupos, mas só um já classificado às oitavas. Além disso, duas equipes brasileiras estão na lanterna de suas chaves e precisam dar a volta por cima para seguirem na competição continental. Os jogos da quinta rodada da Libertadores também acontecem amanhã (18) e quinta (19), e serão determinantes para manter ou para acabar com os sonhos dos clubes do Brasil no torneio.

O UOL Esporte analisou a tabela e separou os cenários que cada equipe brasileira precisa para chegar às oitavas. Confira:

América-MG

Para se classificar na Libertadores, o Coelho depende de si e do rival Atlético. Isso porque, com apenas um ponto, precisa vencer as duas partidas restantes, contra Tolima e del Vale, para ainda sonhar em seguir no torneio.

Além disso, o América depende também de duas vitórias do Galo, contra os mesmos adversários, para fazer com que os outros clubes não pontuem mais nessas duas últimas rodadas. Nesse caso, o Coelho chegaria aos sete pontos e igualaria o Tolima, precisando ainda ter um saldo mais favorável para se classificar. Athletico-PR Sob o comando de Felipão, o Athletico precisa reagir na Libertadores. Atualmente, a equipe está em último no Grupo B, com quatro pontos, três atrás do Libertad e a um de distância de The Strongest e Caracas. Se vencer o duelo de hoje contra o líder, o Furacão vai igualar a pontuação dos paraguaios e deixar para definir a classificação na última rodada.

Se empatar, o sonho de avançar de fase dependerá de uma combinação de resultados, que começa com o Strongest vencendo o time venezuelano na outra partida da rodada. Nesse caso, o Strongest alcançaria oito pontos e não poderia mais ser ultrapassado pelo Athletico. Só que abriria a chance do time brasileiro se classificar em segundo.

Para isso, o Furacão precisaria, primeiro, vencer o Caracas na última rodada e também torcer para o clube boliviano vencer o Libertad. Assim, Athletico e Libertad teriam oito pontos. Segundo, vem o critério de desempate inicial. O saldo de gols dessa combinação de resultados tem que ser favorável ao Furacão. Atualmente, o Athletico está com saldo negativo, enquanto o Libertad marcou um gol a mais do que sofreu. Em caso de derrota hoje para o líder, o Athletico precisa de um empate entre Strongest e Caracas para não dar adeus direto à Libertadores. Nessa situação, ficaria dois pontos atrás da dupla e precisaria ganhar do Caracas na última rodada, além de torcer por uma vitória do do Libertad sobre os bolivianos, para se classificar em segundo no grupo.

Atlético-MG

Galo ocupa a liderança do Grupo D, com oito pontos, a um de vantagem do Tolima, três do Independiente del Valle e a sete do rival América-MG. Faltando dois jogos, a equipe comandada por Turco Mohamed depende apenas de si para se classificar. Se vencer ou empatar na quinta (19) contra o clube equatoriano, o Atlético já vai assegurar a sua vaga para as oitavas de final da Libertadores. Caso perca nesta semana, o Galo verá o del Valle igualar sua pontuação, mas continuará dependendo apenas de si para se classificar. Bastará uma vitória contra o Tolima, na sexta rodada, para avançar na competição. No entanto, precisará contar com uma combinação de resultados se não triunfar.

Nesse caso de tropeço, o clube primeiramente aguarda o resultado de Tolima x América-MG, hoje (16), para saber o que será necessário. Se o duelo terminar empatado ou Coelho vencer, o Atlético pode apenas empatar com o clube colombiano na rodada final. No entanto, se o Tolima ganhar, o Galo vai precisar vencer no confronto decisivo da fase de grupos ou dependerá de um tropeço do del Valle para o rival mineiro.

A quinta rodada da Libertadores 2022 tem início hoje e já pode definir o futuro dos clubes brasileiros na competição. O Brasil conta atualmente com oito representantes no torneio, com quatro ocupando a liderança de seus grupos, mas só um já classificado às oitavas.

Além disso, duas equipes brasileiras estão na lanterna de suas chaves e precisam dar a volta por cima para seguirem na competição continental. Os jogos da quinta rodada da Libertadores também acontecem amanhã (18) e quinta (19), e serão determinantes para manter ou para acabar com os sonhos dos clubes do Brasil no torneio.

UOL Esporte analisou a tabela e separou os cenários que cada equipe brasileira precisa para chegar às oitavas. Confira:

Athletico-PR

Sob o comando de Felipão, o Athletico precisa reagir na Libertadores. Atualmente, a equipe está em último no Grupo B, com quatro pontos, três atrás do Libertad e a um de distância de The Strongest e Caracas.

Se vencer o duelo de hoje contra o líder, o Furacão vai igualar a pontuação dos paraguaios e deixar para definir a classificação na última rodada.

Se empatar, o sonho de avançar de fase dependerá de uma combinação de resultados, que começa com o Strongest vencendo o time venezuelano na outra partida da rodada. Nesse caso, o Strongest alcançaria oito pontos e não poderia mais ser ultrapassado pelo Athletico. Só que abriria a chance do time brasileiro se classificar em segundo.

Para isso, o Furacão precisaria, primeiro, vencer o Caracas na última rodada e também torcer para o clube boliviano vencer o Libertad. Assim, Athletico e Libertad teriam oito pontos. Segundo, vem o critério de desempate inicial. O saldo de gols dessa combinação de resultados tem que ser favorável ao Furacão.

Atualmente, o Athletico está com saldo negativo, enquanto o Libertad marcou um gol a mais do que sofreu.

Em caso de derrota hoje para o líder, o Athletico precisa de um empate entre Strongest e Caracas para não dar adeus direto à Libertadores. Nessa situação, ficaria dois pontos atrás da dupla e precisaria ganhar do Caracas na última rodada, além de torcer por uma vitória do Libertad sobre os bolivianos, para se classificar em segundo no grupo.

Atlético-MG

O Galo ocupa a liderança do Grupo D, com oito pontos, a um de vantagem do Tolima, três do Independiente del Valle e a sete do rival América-MG. Faltando dois jogos, a equipe comandada por Turco Mohamed depende apenas de si para se classificar.

Se vencer ou empatar na quinta (19) contra o clube equatoriano, o Atlético já vai assegurar a sua vaga para as oitavas de final da Libertadores.

Caso perca nesta semana, o Galo verá o del Valle igualar sua pontuação, mas continuará dependendo apenas de si para se classificar. Bastará uma vitória contra o Tolima, na sexta rodada, para avançar na competição. No entanto, precisará contar com uma combinação de resultados se não triunfar.

Nesse caso de tropeço, o clube primeiramente aguarda o resultado de Tolima x América-MG, hoje (16), para saber o que será necessário. Se o duelo terminar empatado ou Coelho vencer, o Atlético pode apenas empatar com o clube colombiano na rodada final. No entanto, se o Tolima ganhar, o Galo vai precisar vencer no confronto decisivo da fase de grupos ou dependerá de um tropeço do del Valle para o rival mineiro.

Corinthians

A pontuação das equipes do Grupo E segue uma escadinha. O Corinthians está na liderança, com sete pontos, seguido pelo Boca Juniors, com seis, pelo Deportivo Cali, com cinco, e pelo Always Ready, com quatro.

Se vencer o duelo de hoje contra o Boca, o Alvinegro Paulista vai chegar a dez pontos e garantir a sua classificação. Isso porque nem o clube argentino nem pelo menos um dos outros adversários, independentemente do resultado entre eles na quinta rodada, poderão ultrapassá-lo. Assim, o Timão jogará pela liderança na última rodada.

Caso apenas empate contra o Boca, na Bombonera, o Corinthians seguirá dependendo de si no sexto jogo no torneio, contra o Always Ready, para avançar. A configuração da posição final da chave nessa situação, se vai classificar em primeiro ou segundo, dependerá dos resultados do Cali.

Se perder hoje, a equipe comandada pelo português Vítor Pereira será ultrapassada pelo Boca, mas ainda pode se classificar se vencer na rodada final, independentemente dos outros resultados. Nessa projeção, o Alvinegro paulista também pode avançar se o Deportivo Cali perder os dois últimos jogos, para Always Ready e Boca.

Flamengo

Líder do Grupo H, com dez pontos, o Flamengo comemora a classificação hoje se pelo menos empatar com a Universidad Católica, no Maracanã. Isso porque o Rubro-negro está a três pontos de distância do Talleres, a seis do clube chileno e a nove do Sporting Cristal. Se somar mais pelo menos um ponto, garante o passaporte para as oitavas.

Entretanto se perder, verá o adversário de hoje chegar a sete pontos e ameaçar na última rodada. De qualquer forma, o clube carioca depende apenas de si.

No cenário de uma derrota na noite hoje, a única chance do Flamengo não avançar de fase é se o Talleres vencer o Sporting Cristal, pela quinta rodada, e perder para a Católica, na última, com a equipe comandada por Paulo Sousa também perdendo para os peruanos no jogo final. Com essa projeção, Flamengo, Talleres e Católica, terminariam com dez pontos e a classificação seria definida no saldo de gols. Atualmente, o saldo do Flamengo é de cinco positivos, enquanto o dos argentinos é nulo, e o dos chilenos, um negativo.

Fortaleza

Em terceiro lugar no Grupo F, com quatro pontos, o Fortaleza é outra equipe que joga pela sua sobrevivência e precisando ganhar posições. A equipe brasileira está a seis pontos do River Plate, primeiro colocado, e a três do Colo-Colo, vice-líder. O Alianza Lima está em último, com apenas um ponto.

Para sonhar, o Leão do Pici precisa de uma combinação de resultados nas últimas duas rodadas. Se perder amanhã contra o lanterna da chave, a situação complica. Nesse caso, o Fortaleza precisa torcer para o Colo-Colo ser derrotado pelo River e, na última partida, vencer os chilenos no confronto direto final para, assim, igualar os sete pontos e talvez conseguir avançar pelo saldo de gols.

Se empatar, a equipe comandada por Vojvoda só consegue chegar nas oitavas se o Colo-Colo não vencer os argentinos. Se os chilenos perderem para o River, e, na sequência, para o Fortaleza, o time brasileiro passa de fase com um ponto de vantagem. Ainda nessa projeção, se o Colo-Colo empatar nesta semana e perder na próxima, a classificação será decidida nos critérios de desempate.

Agora, se vencer o Alianza Lima, o Fortaleza irá chegar aos sete pontos na última rodada e pode se classificar, dependendo dos outros resultados, se empatar ou vencer o Colo-Colo na partida derradeira da fase de grupos.

Red Bull Bragantino

O Bragantino está atualmente na segunda colocação no Grupo C, com cinco pontos conquistados, a um de vantagem do Nacional e a três do Vélez Sarsfield. Para se classificar hoje, o Massa Bruta precisa vencer a partida contra o líder Estudiantes, que tem dez pontos, diminuindo a distância entre eles para dois, e torcer para o lanterna vencer o Nacional.

Caso vença sua partida, mas o Nacional vença o outro confronto, a classificação será definida em um confronto direto entre brasileiros e uruguaios na sexta rodada. Em caso de empate contra o Estudiantes, o Bragantino continua dependendo do resultado da outra partida e também da próxima rodada. Caso o Nacional vença, o Massa Bruta precisa necessariamente de uma vitória no próximo jogo. Caso o Vélez ganhe, a equipe comandada por Mauricio Barbieri precisará vencer o Nacional no último confronto da fase de grupos ou empatar e torcer para o Estudiantes triunfar no duelo entre os argentinos.

Se perder na noite de hoje, o Bragantino também dependerá de uma combinação de resultados. Caso o Nacional vença ou empate com o Vélez no duelo da quinta rodada, o Massa Bruta só se classifica se vencer os uruguaios na próxima rodada. E se o Vélez ganhar amanhã , o Massa Bruta pode apenas empatar na última rodada se o Estudiantes vencer o duelo final entre os argentinos.

Palmeiras Atual bicampeão do torneio, o Palmeiras é líder isolado do Grupo A, com 12 pontos conquistados em quatro partidas. Por ter 100% de aproveitamento, o Alviverde já tem a liderança e a classificação para a próxima fase garantidas. Mesmo que perca os dois jogos restantes, contra Emelec e Deportivo Táchira, a equipe comandada por Abel Ferreira não poderá ser ultrapassada.

Fonte/ Uol Esportes

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.795 outros assinantes

ÚLTIMAS