23 maio 2022 9:58
23 maio 2022 9:58

Bolsonaro usa Jessi para falar de Fies e ex-BBB retruca

Por Redação Ecos da Notícia

Jair Bolsonaro (PL) aproveitou uma postagem de Jessilane Alves, no qual a ex-BBB comemorava a quitação da dívida com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), para promover o atual governo.

“Assim como a Jessi, os mais de 1 milhão de estudantes inadimplentes com contrato firmado até 2017 no Fies também têm hoje a oportunidade de quitar suas dívidas com até 92% de desconto graças à MP1090 que lançamos no final de 2021. Valor perdoado pode chegar a R$ 38 bilhões”, escreveu o presidente nas redes sociais.

ASSIM COMO A JESSI, OS MAIS DE 1 MILHÃO DE ESTUDANTES INADIMPLENTES COM CONTRATO FIRMADO ATÉ 2017 NO FIES TAMBÉM TÊM HOJE A OPORTUNIDADE DE QUITAR SUAS DÍVIDAS COM ATÉ 92% DE DESCONTO GRAÇAS À MP1090 QUE LANÇAMOS NO FINAL DE 2021. VALOR PERDOADO PODE CHEGAR A R$ 38 BILHÕES. 👍 HTTPS://T.CO/FNUQMVC1GE

— JAIR M. BOLSONARO (@JAIRBOLSONARO) MAY 7, 2022

Jessi respondeu que o fundo não foi criado por Bolsonaro e ressaltou a felicidade de ter concluído o ensino superior em Ciências Biológicas por meio de um programa social.

LEMBRANDO QUE O FIES É UM PROGRAMA QUE FOI CRIADO NO GOVERNO LULA E BENEFICIA MILHARES DE ESTUDANTES, QUE ASSIM COMO EU, NÃO TINHAM CONDIÇÕES DE ARCAR COM A FACULDADE. TENHO PROFUNDA GRATIDÃO POR ESSE PROGRAMA QUE ATÉ HOJE GARANTE QUE TODOS POSSAM TER ACESSO AO ENSINO SUPERIOR.

— JESSI ALVES (@A_JESSILANE) MAY 7, 2022

“Lembrando que o Fies é um programa que foi criado no governo Lula e beneficia milhares de estudantes, que assim como eu, não tinham condições de arcar com a faculdade.”

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil oferece financiamento estudantil a preços mais vantajosos que os ofertados no mercado. Com o empréstimo, os estudantes pagam as mensalidades da faculdade.

A partir de 2010, quando o fundo, que existe desde 1999, passou por grande reformulação e começou a ser mais atrativo aos estudantes, houve uma explosão de oferta de financiamento.

Em 2014, o programa chegou ao auge, firmando 732 mil novos contratos.

Para ter acesso, o estudante precisa ter participado de qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, obtido média mínima de 450 nas cinco áreas do conhecimento e nota superior a zero na redação.

A instituição escolhida também deve ter avaliação positiva Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Fonte: Catraca Livre

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.223 outros assinantes

ÚLTIMAS