14 maio 2022 1:10
14 maio 2022 1:10

Bando que fez família de pastor como refém é condenado a mais de 40 anos de prisão

Por Redação Ecos da Notícia

Os quatro criminosos que fizeram um pastor, a esposa e o filho de 11 anos de reféns durante um assalto foram condenados. A decisão é do Juiz da Vara de Delitos de Roubo e Extorsão da Comarca de Rio Branco, Gustavo Sirena. Somadas, as penas totalizam 41 anos 1 mês e 10 dias de prisão em regime fechado.

O crime ocorreu no dia 11 de agosto do ano passado quando a quadrilha invadiu a chácara das vítimas, localizada na Estrada do Quixadá, por volta das 21 horas. Armado, o bando fez a família de refém. Durante a ação os três foram amarrados e trancados no banheiro da residência.

Dos quatro criminosos, André Lucas e Michael Silva ficaram com as vítimas, enquanto, Hércules e Edileudo seguiram com a caminhonete da família com destino a Bolívia, mas o veículo foi interceptado na BR-317 por policiais militares do BOPE. Após a prisão, outra equipe seguiu para a chácara, libertou as vítimas e mais dois integrantes do bando foram presos.

Nove meses depois todos os acusados foram responsabilizados. Michael Silva de Freitas, apontado como o líder do bando, recebeu a maior sentença: 11 anos, 1 mês e 10 dias de prisão.

Hércules Mailon Almeida de Souza, André Lucas de Souza Lima e Edileudo Paulino Ferreira foram sentenciados, cada um, a 10 anos e 25 dias.

Na mesma decisão foi negado aos réus o direito de recorrer em liberdade.

Fonte: Acrenews

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.184 outros assinantes

ÚLTIMAS