10 maio 2022 8:28
10 maio 2022 8:28

Assembléia estudantil na Bolívia termina com 4 mortes após uma bomba de gás ser lançada no evento

O evento acontecia em local fechado, ocasionando tumulto, correria e desespero nos participantesdoevento. .

Por Redação Ecos da notícia

Mapa mostra a localização de Potosí, na Bolívia — Foto:  g1

Mapa mostra a localização de Potosí, na Bolívia — Foto: g1

A informação das mortes foi confirmada pelo Ministério Público de Potosí e por Eduardo Del Castillo, ministro de Governo do país.

Os estudantes estavam reunidos para eleger os representantes da federação universitária Local.

A universidade “está de luto, pois, devido a este desastre delinquencial, universitárias morreram” e “há 40 feridos”, afirmou o reitor, Pedro López, em uma coletiva de imprensa conjunta com o coronel Isnado.

Centenas de estudantes estavam reunidos no ginásio da universidade para eleger seus novos dirigentes, acrescentou López.

Em meio a divergências entre os dois grupos, um dos presentes lançou o artefato de gás lacrimogênio causando pânico e desespero entre os estudantes que tentavam deixar o lugar fechado, explicou o reitor.

O hospital público da cidade de 270 mil habitantes entrou em colapso pela grande quantidade de feridos e pelos familiares desesperados que chegavam em busca de informações sobre a situação dos estudantes.

Imagem de um dos prédios da Universidade Tomas Frías, de Potosí, na Bolívia — Foto: Reprodução/Google Maps

Imagem de um dos prédios da Universidade Tomas Frías, de Potosí, na Bolívia — Foto: Reprodução/Google Maps

Fonte/ G1.Globo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.167 outros assinantes

ÚLTIMAS