19 maio 2022 8:23
19 maio 2022 8:23

VÍDEO: após ser baleada, blogueira transexual diz que está sendo ameaçada de morte pelo CV

Por Redação Ecos da Notícia

Na noite desse domingo, 10, Melissa Silva, mais conhecida como “Melisinha” usou as redes sociais para dizer que está sendo “jurada” de morte pela facção Comando Vermelho (CV). Ainda se recuperando da cirurgia na barriga após ter sido baleada no último sábado, 9, a vítima está em um hospital da capital.

Na ocasião, o segurança e amigo dela, Teylomar Pacheco dos Santos, de 33 anos, acabou sendo assassinado. Nos vídeos, a jovem conta como tudo aconteceu e como foi a morte do amigo. Ela não explica se houve uma briga ou se o segurança conhecia os assassinos.

“Gente, eu tô decretada pelos CV, sendo que nem de facção eu sou. Eu sou apenas uma garota de programa. Faço meu trabalho, não sou envolvida com nada”, disse Melissa.

O amigo e segurança era supostamente membro da facção Revolucionários do Amazonas (RDA). No entanto, a vítima disse que Teylomar havia dito que “não era mais envolvido com essas coisas” e que estava super feliz na festa. Tudo teria acontecido após eles irem para casa, de Uber, e um carro branco aparecer com homens que já foram atirando.

“Ele não merecia passar por isso e nem eu. Assim que saímos, tinha um carro branco. Tô com muito medo, assustada, tô apavorada. Fico tentando entender essas pessoas tentando acabar com a minha vida”, disse ela, que recebeu um dos primeiros tiros.

Por Portal Capital AM

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.222 outros assinantes

ÚLTIMAS