24 maio 2022 7:17
24 maio 2022 7:17

Vale-Gás de R$51 volta com os pagamentos nesta segunda, 25

O valor para este mês está confirmado: será no valor de R$51. O calendário do programa começou na quinta (14) e seguirá até o próximo dia 29 de abril, seguindo os pagamentos do Auxílio Brasil.

Por Redação Ecos da Notícia

Os pagamentos do Vale-Gás, também conhecido como Auxílio Gás, já começaram. O programa é destinado para famílias de baixa renda. De acordo com o cronograma de liberação do benefício, o programa voltará a ser pago nesta segunda-feira (25).

O valor para este mês está confirmado: será no valor de R$51. O calendário do programa começou na quinta (14) e seguirá até o próximo dia 29 de abril, seguindo os pagamentos do Auxílio Brasil.

Nesta segunda-feira (25), recebem os beneficiários que possuem NIS final 6. Confira o cronograma completo de pagamentos:

NIS com final 1: 14 de abril
NIS com final 2: 18 de abril
NIS com final 3: 19 de abril
NIS com final 4: 20 de abril
NIS com final 5: 22 de abril
NIS com final 6: 25 de abril
NIS com final 7: 26 de abril
NIS com final 8: 27 de abril
NIS com final 9: 28 de abril
NIS com final 0: 29 de abril

No mês de fevereiro, quando o último pagamento do benefício foi realizado, o valor do Vale-Gás foi de R$52. O programa, na ocasião, foi pago para aproximadamente 5,6 milhões de famílias.

O que é?

O Vale-Gás, também popularmente conhecido como Auxílio Gás, é um programa do Governo Federal criado em novembro de 2021 com o objetivo de reduzir os impactos econômicos causados pela alta dos preços do gás de cozinha. O benefício visa atender, sobretudo, a população de baixa renda.

Veja abaixo, quem tem direito ao recebimento do benefício.

Quem pode receber?

De acordo com as regras do benefício, poderá receber o vale-gás as famílias inscritas no CadÚnico e também famílias que tenham pessoas que morem no mesmo domicílio e receba benefício de prestação continuada da assistência social, o BPC.

Em resumo, então, podem receber:

Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo federal (CadÚnico), cuja renda familiar mensal per capita é menor ou igual a meio salário mínimo (R$ 606); ou
Famílias que tenham entre seus membros residentes no mesmo domicílio quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC) da assistência social.
A legislação ainda estabelece que o auxílio será concedido “preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência”.

Como saber se tenho direito?

Os cidadãos podem consultar as informações pelos aplicativos do Auxílio Brasil e Caixa Tem. Para os beneficiários do novo Bolsa Família que ainda recebem o vale gás, podem verificar o benefício pelo aplicativo Auxílio Brasil.

Os demais, aqueles que não recebem o Auxílio Brasil, mas que se encaixam nas regras de concessão do Auxílio Gás, podem consultar o benefício pelo Caixa Tem, onde também é possível movimentar os valores.

Por fim, para selecionar as famílias que participarão do programa Auxílio Gás, o governo vai ordenar, de modo que priorize as famílias nas seguintes condições:

Com dados do Cadastro Único atualizado nos 24 meses anteriores;
Com menor renda per capita;
Com maior quantidade de membros na família;
Beneficiárias do Programa Auxílio Brasil; e
Com cadastro qualificado pelo gestor por meio do uso dos dados da averiguação, quando disponíveis.

 

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.227 outros assinantes

ÚLTIMAS